Vai viajar para o Uruguai? 8 dicas essenciais para planejar sua viagem
Viajar para o Uruguai

Vai viajar para o Uruguai? 8 dicas essenciais para planejar sua viagem

Todo planejamento de viagem traz algumas dúvidas, independente de você ser um viajante principiante ou alguém habituado a frequentar aeroportos e visitar diferentes destinos nacionais e internacionais. Cada país tem questões específicas que devem ser levadas em conta na hora do planejamento da viagem. Se a viagem é para o Uruguai, você sabe o que precisa levar de documentação? Deve levar dinheiro vivo ou pagar no cartão de crédito? Quando é a melhor época do ano para viajar para o Uruguai? Nesse post, nós damos 8 dicas básicas – e essenciais – que vão ajudar você a planejar sua viagem para o Uruguai.

Você também vai gostar de ler:
O que fazer em Montevidéu: roteiro completo na capital do Uruguai

Onde ficar em Montevidéu: dicas de hotéis e melhores bairros
Onde comer em Montevidéu: 10 restaurantes e cafés imperdíveis
Doce de leite uruguaio: ranking das melhores marcas

1) Passagens aéreas

Pra começar, sem esse item “básico” a viagem sequer acontece, né? 🙂

Partindo do Brasil, as principais companhias aéreas a oferecer vôos para o Uruguai são as nacionais Azul, GolLATAM, além da Aerolíneas Argentinas. Todos os vôos tem como destino o aeroporto de Carrasco, o grande aeroporto internacional do país. As passagens normalmente custam a partir de R$600/R$700 (ida e volta com taxas) em períodos promocionais, podendo custar muito mais do que isso na alta temporada. A regra para conseguir os melhores preços é começar a sua busca com pelo menos 6 meses de antecedência.

Outra boa opção é utilizar milhas para comprar sua passagem. Azul, Gol e Latam costumam fazer promoções frequentemente para toda a América do Sul (a nossa foi comprada em fevereiro para uma viagem em julho, e custou 5000 milhas cada trecho + taxas. Isso totalizou 10000 milhas + R$260 por pessoa).

Dica #viajaredemais: Fique ligado em sites como o Melhores Destinos para receber alertas de promoções relâmpago. Outra excelente ferramenta é o comparador de passagens aéreas Voopter, que auxilia na tarefa de encontrar os melhores preços para viajar para o Uruguai.

Por ser um país vizinho, muita gente opta também por viajar para o Uruguai por via terrestre (carro ou ônibus). Principalmente para quem mora na região Sul do Brasil, viajar dessa forma é bastante comum. É uma outra experiência de viagem, e pra quem curte, vale a pena também. 🙂

2) Documentação

Para quem viaja de avião, basta apresentar o documento de identidade (ou o passaporte). Sabe aquele papo de que a identidade só vale se tiver sido emitida nos últimos 10 anos? Conversa fiada. Ninguém pode (nem vai) te barrar se o seu documento for mais velho do que os tais 10 anos. A única condição é que esteja em bom estado, é claro.

Pra quem vai de carro, além da carteira de motorista (CNH), é necessário adquirir a carta verde ainda no Brasil (um documento que te autoriza a dirigir com aquele carro no Uruguai). Já pra quem pretende dirigir com carro alugado, basta a carteira de motorista mesmo (não precisa fazer a carteira de motorista internacional).

3) Hospedagem

Hospedagem é sempre um item chave no planejamento de sua viagem. No Uruguai, o mais comum é recorrer hotel ou apartamento de temporada. Procure garantir um lugar para ficar com a maior antecedência possível. O Uruguai não é um país com o turismo tão forte, e a rede hoteleira de Montevidéu, por exemplo, não é das maiores. Mesmo em cidades turísticas como Punta del Este, muitos hotéis fecham no inverno, e os que ficam abertos cobram preços altos ou esgotam com muita antecedência.

É possível encontrar desde apartamentos e albergues até hotéis 5 estrelas no site da Booking.com.

Dica #viajaredemais: sempre que possível dê preferencia a hotéis ou apartamentos próximos aos locais que você pretende visitar (ou próximo aos pólos gastronômicos que você pretende frequentar). Montevidéu não tem metrô, e em Colônia do Sacramento tudo precisa ser feito a pé. Nesses casos, ficar longe pode acarretar em muito gasto com deslocamentos que custam tempo e dinheiro.

4) Clima

O Clima em todo o Uruguai é muito parecido com o clima da região Sul do Brasil: Primavera com clima ameno e temperatura média de 20º a 25º, ; verão com temperaturas médias de 25° a 35º; outono com árvores cobertas de folhagem amarelada ou quase sem folhas e temperaturas de 15º a 25º e inverno mais rigoroso, com muita chuva e dias mais curtos, com temperatura chegando perto de zero (mas não neva).

A época do ano vai influenciar em muita coisa do seu planejamento – a começar pela quantidade de roupas na mala de viagem, passando pela escolha da região a visitar ou o estilo de viagem a se fazer. Punta del Este por exemplo vira um deserto no inverno, com quase tudo fechado. Já no verão, chega a aumentar em quase 10x a população da cidade, tamanha a quantidade de turistas. Montevidéu tem muita chuva e as ramblas ficam vazias, mas a ‘Ciudad Vieja’ ganha ares de Europa com as árvores desfolhadas e as pessoas todas encasacadas. Colônia de Sacramento no frio também ganha um charme todo especial. Fica uma delícia para tomar um demorado chá da tarde (‘merienda’) ou para jantar uma ‘parrilla’ acompanhada de um belo vinho uruguaio.

5) Dinheiro

A moeda oficial no Uruguai o Peso Uruguaio (ou só “uruguayos”, como chamam os locais). O valor do Peso Uruguaio em relação ao Real oscila diariamente, e nos últimos anos tem variado na faixa dos UYU 8,20/UYU 8,70 para cada R$1. Apesar da moeda ser bem desvalorizada em relação ao real, o custo de vida no Uruguai não é baixo, e se assemelha ao custo das grandes cidades brasileiras.

Do ponto de vista da aceitação, tanto dinheiro vivo (obviamente) quanto cartões de crédito são bem aceitos em grande parte do país. Em geral a gente recomenda o uso do dinheiro vivo para evitar pagar o IOF que é cobrado pelos cartões de crédito, mas o Uruguai é o único país onde pode valer mais a pena utilizar o cartão. Isso porque existe uma legislação em vigor que, para estimular o turismo no país, isenta os viajantes de pagarem um imposto, o IVA. Esse desconto só se aplica quando o pagamento é feito no cartão de crédito. De tempos em tempos esse benefício é analisado pelo governo. Em 2020, a devolução estava em 22% do valor consumido. Mas esse desconto não se aplica a tudo: vale somente para serviços voltados para turistas, como gastos em restaurantes, hotéis e locadoras de veículos.

Para usar seu cartão de crédito, são necessárias 2 coisas: 1) o cartão tem que ser internacional; 2) você precisa habilitar o seu cartão para uso no exterior durante o período da viagem (isso pode ser feito pelo seu gerente ou por você mesmo através do aplicativo ou site do banco). Para dinheiro em espécie, o ideal é levar reais (ou dólares) e fazer o câmbio lá mesmo no Uruguai. Mas evite de todas as formas fazer câmbio no aeroporto de Carrasco. A diferença é de quase 30% a menos em relação as demais casas de câmbio de Montevidéu.

6) Idioma

O idioma no Uruguai é o espanhol, mas a maioria das pessoas compreende perfeitamente o português, principalmente nos estabelecimentos que um turista geralmente frequenta (hotéis, restaurantes, lojas, etc). Encontramos muita gente que até “arranhava” umas palavras de português. Apesar disso, eu particularmente sempre aconselho a pessoa que vai viajar a aprender um pouco do idioma do país, para facilitar a vida e também como um sinal de respeito/interesse pela cultura local. Tente focar em aprender termos ou expressões que provavelmente você vai utilizar mais, como nomes de comida e perguntas básicas.

Dica #viajaredemais: Mesmo sendo um idioma parecido, nos cardápios dos restaurantes uruguaios tem muita coisa complicada de entender. Existem muitos cortes de carne e outras partes de animais que não são típicos da nossa alimentação no Brasil, como ‘chinchulines’ (tripas) ou ‘mollejas’ (timo, uma glândula do boi).  A dica é: se tem alguma comida ou ingrediente específico que você não coma em hipótese alguma, ou se você tem alguma restrição alimentar, decore a escrita dessa palavra para pelo menos evitar pedir um prato que você não vai conseguir comer. 😉

7) Seguro Viagem

Para viajar para o Uruguai não é obrigatório fazer um seguro viagem, mas é sempre recomendável. Alguns cartões de crédito oferecem o seguro viagem gratuitamente quando a compra da passagem aérea é feita utilizando o cartão. Mas se esse não é o seu caso, a boa é contratar um seguro viagem. Para países da América do Sul o seguro normalmente é bem baratinho, e você fica tranquilo para o caso de acontecer qualquer imprevisto.

Dica #viajaredemais: Nas nossas viagens utilizamos sempre a Seguros Promo. Geralmente a gente faz seguro torcendo pra não precisar, né? Mas na única ocasião em que precisei de fato utilizar o seguro a experiência com a Seguros Promo foi muito positiva. Em uma viagem para a Argentina meu pai apresentou um problema de saúde e foi preciso levá-lo para exames mais detalhados em um hospital. Bastou ligar para o número de telefone indicado pela Seguros Promo (atendimento rápido e todo em português) que conseguimos a liberação para a internação e os exames, tudo sem pagar nada e sem maiores burocracias. Além disso, o site deles é super fácil de usar, e o preço é imbatível. Hoje em dia já nem perco tempo comparando com outras seguradoras. E pra que é leitor do Viajar é Demais, se você entrar por ESSE LINK ou pelo banner aí embaixo e utilizar o cupom pra ter desconto no preço final.

8) Vacinas

Para viajar para o Uruguai não são exigidas vacinas ou comprovantes de vacinas anteriores.


E aí, esclarecidas as dúvidas? Agora é só planejar sua viagem e aproveitar tudo que o Uruguai tem a oferecer!  🙂


Onde ficar em Montevidéu

Não deixe para reservar na última hora e pagar uma fortuna de hospedagem! Que tal pesquisar agora mesmo e fazer sua reserva antecipadamente com as melhores ofertas de hotéis ou apartamentos em Montevidéu, no Uruguai?

#dicaviajaredemais: Se quiser uma dica pessoal para hospedagem em Montevidéu, dá uma lida no nosso post sobre o Salvo Suítes. Já para Colônia do Sacramento, a dica é o La Mision, bem no centrinho histórico da cidade e com ótimo custo-benefício.

Booking.com Booking.com

Mais atividades em Montevidéu

Consulte e reserve passeios e entradas de atrações na Get Your Guide, uma das maiores e mais confiáveis plataformas de ofertas turísticas do mundo. Eles estão presentes nas maiores cidades e reúnem profissionais e empresas qualificadas que oferecem os mais variados tipos de passeios e serviços turísticos. Nós já usamos e recomendamos. Dá só uma olhada: 

E não esqueça de garantir seu seguro viagem no Uruguai:

Na hora de contratar o seguro viagem a gente sempre usa e recomenda a Seguros Promo. É um comparador de preços entre as principais companhias de seguro viagem do mercado que apresenta as opções com melhor custo-benefício para a sua viagem!

E agora vem a melhor parte: quem é leitor do Viajar é Demais tem desconto exclusivo: basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Augusto
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Viajar é Demais