8 de Maio de 2017

Como economizar em Munique: dica de 5 programas (quase) de graça

A cidade de Munique é um dos principais destinos turísticos de toda a Alemanha! E isso não é a toa. Museus, parques, cervejarias, estádios esportivos e construções históricas são só algumas das muitas atrações que a cidade oferecem e que certamente vão agradar aos mais diversos públicos (e gostos). É claro que para conhecer algumas delas (como a mítica Allianz Arena ou o Schloss Nymphenburg) você precisará investir alguns euros, mas algumas das principais atrações e programas de Munique podem ser feitos sem gastar praticamente nada. Em nossa última viagem de 6 dias pela capital da Baviera, listamos os 5 programas (quase) de graça em Munique que mais gostamos de fazer.

1) Marienplatz

Os centros históricos de qualquer cidade alemã são atrações obrigatórias e, é claro, que em Munique não poderia ser diferente. O centro histórico de Munique é onde você vai encontrar alguns dos principais cartões postais, a começar pelo “coração” da cidade, a famosa (e quase sempre lotada) Marienplatz (Praça de Maria). Nessa praça ficam situadas a Neues Rathaus e a Altes Rathaus (Nova e Velha Prefeitura), além da Peterskirche (Igreja de São Pedro).

É na Marienplatz que acontece diariamente às 11h, às 12h e às 17h o espetáculo da Glockenspiel im Neues Rathaus. É como se o prédio da Neues Rathaus se transformasse em um relógio cuco gigante a céu aberto. Emocionante, por sinal! O espetáculo conta com 43 sinos e 32 figuras em tamanho natural que dão vida a 2 histórias com cerca de 15 minutos de duração. Mas o que contam essas histórias? Bom, a primeira história trata do casamento do Duque Wilhelm V (fundador da Hofbräuhaus) com Renata de Lorena. Em homenagem ao casal, acontece uma disputa entre cavaleiros que representam a Baviera e Lorena (o da Bavaria sempre é o vencedor, claro!). Já a segunda história representa uma espécie de dança que, reza a lenda, deu fim a uma praga que assolava Munique no ano de 1517. Ao final, um pequeno galo dourado na parte superior do Glockenspiel canta por 3 vezes encerrando o espetáculo. Realmente uma experiência marcante e 100% gratuita. 🙂

Ainda na Marienplatz é possível subir a Alter Peter (torre da Peterskirche) para admirar uma belíssima vista de Munique. Pra subir, custa somente 1,50 euros por pessoa, e é preciso encarar 300 degraus de madeira rumo ao topo da torre. Cerca de 30/40 minutos são suficientes para subir as escadas por corredores estreitos, circular 2 vezes pelo topo da torre, tirar fotos e fazer o caminho de volta ao solo, sempre encontrando a turma que está subindo esbaforida. O local fica aberto para visitação de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30; e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h30. A subida pelos corredores estreitos, por meio de escadas de madeira é bem puxada mas vale muito a pena por conta da vista maravilhosa lá de cima. Cuidado com a descida, para não escorregar tentando ser rápido.

Vista lindíssima do topo da Alter Peter (Igreja de São Pedro)

Vista lindíssima do topo da Alter Peter (Igreja de São Pedro)


Vista lindíssima do topo da Alter Peter (Igreja de São Pedro)

Vista lindíssima do topo da Alter Peter (Igreja de São Pedro)

Quanto tempo dura o programa?

2h/3h. Mas é bem provável que você passe pela Marienplatz em quase todos os dias da sua estadia por Munique (da nossa viagem de 6 dias, passamos por lá em 4 dias).

Quando ir?

Dá pra ir qualquer dia, dependendo do seu principal interesse (aos domingos é mais vazio, mas as lojas em geral ficam fechadas. Nos horários em que acontece o espetáculo da Glockenspiel, a praça costuma ficar lotada – mas vale a pena assistir ao menos 1 vez).

 

2) Se perder pelo Viktualenmarkt

Bem pertinho da Marienplatz, ainda no centro histórico, fica o Viktualienmarkt, o maior mercado de alimentos a céu aberto de Munique. Sua origem vem dos mercados de fazendeiros e produtores agrícolas locais, mas hoje o Viktualienmarkt está muito mais para um mercado Gourmet (no bom sentido). Passeamos durante um bom tempo pelo mercado, que ocupa uma área relativamente grande e é repleto de bancas e stands vendendo os mais variados tipos de pães, queijo, peixes, embutidos, mostardas, flores e frutas exóticas e – é claro – muita cerveja!

Viktualienmarkt, o maior mercado de alimentos a céu aberto de Munique

Viktualienmarkt, o maior mercado de alimentos a céu aberto de Munique


Viktualienmarkt, o maior mercado de alimentos a céu aberto de Munique

Viktualienmarkt, o maior mercado de alimentos a céu aberto de Munique


Viktualienmarkt e as múltiplas provinhas de salames, queijos, pães e mostardas

Viktualienmarkt e as múltiplas provinhas de salames, queijos, pães e mostardas

Tem até uma filial da famosa rede de produtos italianos “Eataly” colada ao Viktualienmarkt, mas confesso que nem demos muita bola e priorizamos os produtos locais. No fim das contas, é difícil resistir a tentação e não comprar nada, mas o passeio em si é grátis – e você ainda receberá inúmeras provinhas de salames, queijos, pães e mostardas. 🙂

Quanto tempo dura o programa?

2h/3h. Mas vai depender do quanto você gosta desse tipo de programa, se vai parar para comer e beber por lá, etc.

Quando ir?

A maioria dos stands funciona de segunda a sexta, das 10h às 18h, e aos sábados, das 10h às 15h (fechado aos domingos).

3) Passear pelo Englisher Garten

O Englischer Garten (English Garden, ou Jardim Inglês) é o maior parque urbano de Munique (tem cerca de 4,17 km). Seja qual for a época do ano, considero um passeio indispensável para que curte esse tipo de programa. Paisagens incríveis, rios, patinhos, e tudo muito bem cuidado. Uma atração da parte sul do parque é o Eisbach, um rio artificial que em alguns trechos é tão caudaloso que se tornou point para…surfistas! Isso mesmo, a galera vai de roupa de neoprene e pranchão pra surfar no parque! Nesse vídeo dá pra ter uma noção de como funciona:

Nós dois no Englischer Garten, onde o rio rouba a cena!

Nós dois no Englischer Garten, onde o rio rouba a cena!

Nós fomos no final do Outono (quase inverno) e estava bem frio, mas o independente do clima ou da época do ano, as paisagens são lindas e o parque é muito bem cuidado. Ah! E sempre tem um surfista perdido aproveitando as ondas. Vale à pena!

Nesse parque também fica o Chinesischer Turm, o 2º maior Beer Garten de Munique, mas como não funciona no inverno, não pudemos aproveitar. Assim como o serviço de aluguel de bikes, que estava fechado. Uma pena, mas fica como motivo para voltarmos a Munique! 🙂

Englischer Garten (English Garden, ou Jardim Inglês), o maior parque urbano de Munique (tem cerca de 4,17 km)

Englischer Garten (English Garden, ou Jardim Inglês), o maior parque urbano de Munique (tem cerca de 4,17 km)

Quanto tempo dura o programa?

Vai depender da época do ano e do seu interesse nesse tipo de passeio, mas no mínimo 1 hora para conhecer alguns dos principais pontos do parque e aproveitar a beleza do local. Se a ideia for fazer um piquenique ou beber uma cerveja no biergarten, aí pode separar uma manhã ou uma tarde inteira para o passeio.

Quando ir?

O parque é aberto ao público e dá pra ir qualquer dia. Evitar dias com muito frio, muito vento ou chuva/neve.

4) Caminhada e por do sol pelo Museumsinsel e margens do rio Isar

Esse passeio nós “descobrimos” meio por acaso. Não havíamos planejado conhecer essa região, mas como sobrou um pedaço de tarde em um dos dias da nossa viagem, resolvemos caminhar até a região da Museumsinsel, onde fica o Deutsches Museum. Acabou que, ao chegar, nos encantamos com as belas margens do rio Isar e tiramos um tempinho para caminhar e admirar o por do sol. Mesmo sob um vento frio cortante, dá pra ver pelas fotos que vale muito a pena – pra qualquer lado que olhávamos as paisagens eram incríveis.

Rio Isar e o por do sol sob um vento frio cortante

Rio Isar e o por do sol sob um vento frio cortante


Rio Isar e o por do sol sob um vento frio cortante

Rio Isar e o por do sol sob um vento frio cortante


Rio Isar e o por do sol sob um vento frio cortante

Rio Isar e o por do sol sob um vento frio cortante

Quanto tempo dura o programa?

De 1 a 2 horas de caminhada em ritmo leve, parando pra fotos, pra sentar nos banquinhos, etc. Se for visitar o museu (atração paga), inclua mais 2h na programação.

Quando ir?

Qualquer dia, preferencialmente perto do por do sol. Evitar dias com muito frio, muito vento ou chuva/neve.

5) Visitar os Museus aos domingos

Se você gosta de museus, domingo é o dia! Aos domingos vários museus de Munique tem sua entrada reduzida para 1 euro por pessoa. Além disso, quase nenhuma loja ou comércio abre aos domingos (não só em Munique, mas em toda a Alemanha). Por conta disso, nossa manhã e início da tarde foram dedicados a conhecer a região da Königsplatz que é repleta de museus participantes dessa promoção.

Região da Königsplatz, onde estão os museus Glyptothek, NS-Dokumentationszentrum, Alte Pinakothek, Neue Pinakothek

Região da Königsplatz, onde estão os museus Glyptothek, NS-Dokumentationszentrum, Alte Pinakothek, Neue Pinakothek


Região da Königsplatz, onde estão os museus Glyptothek, NS-Dokumentationszentrum, Alte Pinakothek, Neue Pinakothek

Região da Königsplatz, onde estão os museus Glyptothek, NS-Dokumentationszentrum, Alte Pinakothek, Neue Pinakothek


NS-Dokumentationszentrum

NS-Dokumentationszentrum

Passamos por GlyptothekNS-Dokumentationszentrum, Alte PinakothekNeue Pinakothek, porém como a visita às exposições leva tempo, deixamos para entrar mesmo somente na Pinakothek der Moderne. Mas a verdade é que tem museu para todos os gostos, então o ideal é escolher qual (ou quais) te interessa mais e dedicar um tempo a ele.

Exposição da Pinakothek der Moderne

Exposição da Pinakothek der Moderne


Exposição da Pinakothek der Moderne

Exposição da Pinakothek der Moderne

 

Exposição da Pinakothek der Moderne

Exposição da Pinakothek der Moderne

 

Quanto tempo dura o programa?

1h para circular e conhecer toda a região e mais pelo menos 1h ou 2h para cada museu que desejar visitar.

Quando ir?

O título já diz (aos domingos)! 🙂 Apesar de funcionarem em outros dias da semana, é somente aos domingos que o valor da entrada fica reduzido para 1 euro. Cada museu tem um horário de funcionamento específico (consulte o seu preferido antes de ir).


 

E aí, viram como dá pra se divertir e ao mesmo tempo economizar em Munique? Tem mais dicas de programas (quase) de graça em Munique? Conta pra gente! 🙂

NAS MÍDIAS SOCIAIS

  • Instagram

[instagram-feed id=”4565597987″]



Booking.com

Compartilhar esse post:
Tags:

Sobre Augusto

Augusto

Jornalista e professor, viajando sempre em busca de novas cervejas, de boa comida e das melhores promoções.

  • Email

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.