Onde comer em Bogotá: simplicidade e sabor no Restaurante Rico

Onde comer em Bogotá: simplicidade e sabor no Restaurante Rico

Quer conhecer um restaurante de comida simples e típica daqueles frequentados pelas famílias de Bogotá especialmente nos almoços de domingo? Então experimente uma refeição no Restaurante Rico.

Restaurante Rico – fachada da sede Av. Dorado

O Restaurante Rico

Com uma abordagem folclórica, o Restaurante Rico é uma ótima oportunidade de conhecer aspectos da cultura da Colômbia através da comida simples, do dia-a-dia, em um ambiente acolhedor. Vamos começar falando do ambiente que nos surpreendeu muito, pois quando entramos no salão onde ficam as mesas, mal conseguimos tirar os olhos das paredes, do teto, dos objetos que se encaixavam de forma harmônica no ambiente. Parecia que estávamos entrando em um estúdio de set de filmagem, em um palco de teatro com um cenário montado para um espetáculo.

Restaurante Rico – ambiente que parece um cenário montado para um espetáculo

E não pense que encontramos somente turistas por lá! Pelo contrário, éramos os únicos turistas em um domingo. Mesas com famílias inteiras de locais se espalhavam pelos dois andares. Certamente, porque além da boa comida que eu conto em detalhes logo a seguir, o Restaurante Rico tem uma proposta voltada para entretenimento das crianças e também dos adultos. O espaço kids que já é comum no Brasil, ganha um adicional com personagens como a Abuela e sua cesta de biscoitos, o Mágico com seus truques ou ainda a Bailarina Malabarista que circulam entre as mesas do salão e fazem pequenas intervenções. Sempre respeitando e evitando os momentos em que o cliente está comendo sua refeição.

Incrível como não nos sentimos incomodados pelas abordagens. Pelo contrário, contribuiu para a sensação de acolhida e aconchego que tivemos com a boa comida e o atendimento super atencioso dos garçons. Eles explicaram tudo sobre os pratos e ingredientes, para evitar que a gente pedisse algo que desagradasse nosso paladar de estrangeiro.
Foi tão bacana que até tiramos uma foto com toda a galera.

Restaurante Rico – equipe que nos atendeu e os personagens que fazem a alegria do ambiente

Nosso pedido no Restaurante Rico

Como já mencionei, nosso pedido foi muito bem orientado pela equipe da casa, que deu sugestões e explicou os pratos. Um deles já tínhamos em mente porque tínhamos visto pelo site do restaurante que era de dar água na boca: o Ajiaco, uma espécie de sopa ou caldo, que combina bem com o clima mais ameno (quase frio) da altitude de Bogotá.

Mas vamos pela ordem natural da refeição. Na Colômbia, também é costume servir pães com manteiga ou pastinhas à mesa logo na chegada. Além disso, nós pedimos uma entradinha para iniciar os trabalhos.

Restaurante Rico pães do couvert e o cardápio

Entrada (do menu “para picar”)
Como é típico comer o patacón, fatias de uma banana gigante que é amassada e frita (pode ser salgada ou doce, dependendo do momento e do gosto da pessoa), nossa entrada foi uma opção disponível no menu “Para Picar” ou seja, de “picadas” os famosos petiscos. A escolha foi pelo Chicharroncitos e patacón (5.800 cops) que nada mais é do que a tal fatia de banana frita (veja a foto da banana in natura) e barriga de porco torradinha (algo próximo do torresmo e do bacon).

Restaurante Rico – de entrada uma porção de Chicharroncitos e patacón

Pratos principais do Restaurante Rico
O meu prato foi a sopa típica que mencionei logo mais acima, o Ajiaco (20.800 cops), que leva “pollo, mazorca, arroz, guacamole, crema de leche y alcaparras”. Traduzindo seria frango, milho, arroz, abacate, um creme de leite parecido com requeijão ou queijo fresco e alcaparras. Essa mistura toda devidamente temperada ao estilo colombiano, inclusive com o abacate, é sim uma delícia. Curti a experiência. A sopa é mais líquida e por isso talvez o creme de leite acompanhe, para dar uma cremosidade. O milho espetadinho e os demais acompanhamento separados são uma boa pedida no melhor estilo slow food: comendo um pouquinho de cada coisa em sequência.

Restaurante Rico – prato principal – sopa típica chamada Ajiaco

Já o prato do Guto foi mais parrudo: uma Cazuela Paisa (22.800 cops), que é composta de “frijoles, carne molida, platanitos, salchicha, chicharroncitos, papa fosforito, arroz y guacamole”. Vamos traduzir para facilitar mas dá pra ver na imagem abaixo que é bem parecida com a nossa comida do Brasil. Um PFzão que leva feijão, carne moída, pedacinhos de banana assada (a mesma banana gigante da foto lá de cima), linguiça, pedacinhos de torresmo / bacon, arroz e claro, abacate! O prato era tão bem servido que eu “ajudei“ a comer hahaha. Aliás, não poderia ser diferente. O sabor dessa combinação toda, em especial a base de feijões vermelhos bem típicos da Colômbia estava delicioso. Texturas de cada elemento, da maciez do feijão, a crocância do chicharroncitos e a cremosidade do abacate. Gostei bastante!

Restaurante Rico – prato principal do Guto – Cazuela Paisa

Para vencer toda essa maratona de comida, pedimos clássicos sucos de frutos colombianos com leite para beber, a Juco de Guanábana e Juco de Lulo (5.800 cops cada). Vejam as fotos das frutas in natura que fizemos em um outro dia no Mercado de Paloquemao.

Restaurante Rico – sucos de frutas típicas

Sobremesa do Restaurante Rico
Claro que essa etapa da refeição não poderia passar em branco. Na Colômbia não descobrimos uma tradição em doces como os latinos Argentina e Uruguai, mas confiamos na nossa percepção e na foto do cardápio. hahahah
Fomos de Napoleón, um doce composto por massa folhada recheado de “Arequipe”, isto é, o mais cremoso doce de leite da Colômbia. Esse doce e o cafézinho fecharam com chave de ouro essa experiência no Restaurante Rico.

Restaurante Rico – sobremesa

Avaliação final do Restaurante Rico

Visitar o Restaurante Rico é ter a chance de imersão na comida do dia-a-dia da Colômbia, feita e servida com orgulho pela equipe e saboreada com entusiasmo pelos locais e até por turistas. Nosso almoço foi uma experiência divertida pela atmosfera proporcionada pelo ambiente e pelos personagens que circulam no ambiente. E foi ainda uma experiência de descoberta de sabores que não vamos esquecer. Os pratos tradicionais como o Ajiaco e a Cazuela Paisa foram os pontos altos, ainda mais com o bom custo-benefício, já que eram super bem servidos.

Serviço

Endereço: Av Dorado – Cra. 36 #25-14, Bogotá, Cundinamarca, Colômbia
http://www.restaurantesrico.co/


Já reservou seu hotel em Bogotá?

Não deixe para a última hora! Encontre agora seu hotel ideal em Bogotá e faça já sua reserva com descontos incríveis pelo Booking, o maior site de reservas de hotéis em todo o mundo!

+ Clique aqui para encontrar seu hotel ideal em Bogotá, na Colômbia

E não esqueça de garantir seu seguro viagem:

Geralmente a gente faz seguro viagem torcendo pra não usar, né? Mas quando precisamos de fato do seguro viagem, a experiência com a Seguros Promo foi muito positiva. Em uma viagem para a Argentina meu pai apresentou um problema de saúde e foi preciso levá-lo para exames mais detalhados em um hospital. Bastou ligar para o número de telefone indicado (atendimento imediato e todo em português). Conseguimos a liberação para a internação e os exames, sem pagar nada e sem burocracia. Além disso, o site é fácil de usar e os preços são imbatíveis.

Ah, e agora vem a melhor parte: quem é leitor do Viajar é Demais tem desconto exclusivo: basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Chai
Escrito por
Chai
Envie sua pergunta ou comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comentário
Viajar é Demais