Onde comer em Berna: Casa Novo Restaurante

Onde comer em Berna: Casa Novo Restaurante & Vinoteca

No centro histórico de Berna, capital da Suíça, é possível encontrar alguns bons restaurantes históricos de comida tradicional do país. Mas um em especial, situado em um belíssimo casarão às margens do rio Aar, se destaca entre os melhores da cidade com sua proposta de cozinha mediterrânea sazonal. A nossa sugestão de onde comer em Berna é o Casa Novo Restaurante & Vinoteca — que como vocês podem perceber, tem nome português, é de propriedade de uma família de espanhóis e tem uma cozinha requintada, inspirada na culinária mediterrânea da Península Ibérica, sempre fazendo uso de ingredientes locais e sazonais. Localizado em um dos extremos do centro histórico, bem pertinho da emblemática ponte Nydeggbrücke, o Casa Novo é a opção perfeita para a pausa do almoço (no caso de quem estiver seguindo o nosso roteiro de 1 dia em Berna) ou para um jantar especial (para quem pretende passar 1 ou mais noites hospedado em um dos hotéis da cidade). Nesse artigo a gente conta todos os detalhes da nossa experiência gastronômica no Casa Novo Restaurante & Vinoteca em Berna.

Onde comer em Berna: Casa Novo Restaurante & Vinoteca
Onde comer em Berna: Casa Novo Restaurante & Vinoteca

Antes, algumas dicas para você economizar na viagem:

Casa Novo Restaurante & Vinoteca

Impossível começar uma resenha sobre o Casa Novo Restaurante & Vinoteca sem mencionar a bela arquitetura do casarão onde o restaurante funciona e a vista privilegiada que boa parte das mesas situadas nas janelas oferecem do rio Aar — possivelmente o visual mais bonita entre os restaurantes do centro histórico de Berna.

Se do lado de fora o restaurante encanta, o ambiente interno traz elegância e sofisticação na medida certa, sem abrir mão do conforto e da atmosfera amistosa que é reforçada pelo ótimo atendimento de toda a equipe — um dos pontos fortes durante toda a nossa experiência por lá. Daqueles locais em que você nem sente o tempo passar, especialmente se estiver na “companhia” de um dos vinhos em taça recomendados — no nosso caso, um vinho branco de produção suíça foi a escolha para acompanhar as fatias de pão artesanal com azeite trazidos como aperitivos.

No cardápio, as especialidades da cozinha ibérica variam de acordo com a época do ano e a criatividade do Chef, e é possível optar tanto pelo pedido dos prato “à la carte” (em média entre CHF 25 a CHF 40) quanto pelos menus de passos (a partir de CHF 70 um menu de 3 passos com entrada, prato principal e sobremesa). É muito provável que os pratos disponíveis na ocasião da sua visita não sejam exatamente os mesmos que nós experimentamos e apresentaremos a seguir. Mas acredito que as fotos e impressões ajudarão a dar uma bela ideia sobre a proposta do restaurante e a qualidade de toda a experiência. Fique tranquilo para confiar nas recomendações da equipe, afinal, não é a toa que o Casa Novo é considerado uma “joia” de Berna por boa parte dos críticos e já recebeu diversas premiações dos principais guias gastronômicos.

Nosso pedido no Casa Novo

Por ser horário de almoço e ainda estarmos com alguns planos de visitar mais atrações de Berna, escolhemos o menu de 3 passos do dia (entrada, prato principal e sobremesa). Para iniciar a sequência, a entrada nos brindou com um ravioli recheado de queijo azul sobre uma cama de carne de coelho. A finalização com o molho de repolho roxo e especiarias aconteceu na mesa.

Entrada no Casa Novo Restaurante & Vinoteca | Onde comer em Berna
Entrada no Casa Novo Restaurante & Vinoteca | Onde comer em Berna

É verdade que a apresentação e a bela paleta de cores dessa entrada centralizam todas as atenções, mas é preciso destacar o sabor incrível da combinação, em especial o molho de repolho roxo que tangibilizou em nossas papilas gustativas a famosa “explosão de sabores”. Era época de Mercados de Natal na Suíça e essa entrada trazia um pouco dos aromas e sabores tão típicos dessa época.

Entrada no Casa Novo Restaurante & Vinoteca | Onde comer em Berna
Entrada no Casa Novo Restaurante & Vinoteca | Onde comer em Berna

Para o prato principal, nossa opção foi pelas carnes de caça (javali e cerdo) servidos em dois diferentes preparos (cozido e grelhado), tendo como acompanhamentos couve de bruxelas, repolho roxo e castanha cozida. Mais uma vez a inspiração nas comidas natalinas se fez presente, deixando evidente a proposta de trazer elementos de sazonalidade em cada receita.

Para harmonizar com entrada e prato principal, seguimos a recomendação dos vinhos tintos em taça: o francês Gigondas safra 2016 (um pouco mais frutado) e o espanhol que leva o nome do restaurante, o “Casa Novo” safra 2010 (mais seco e de sabor intenso). Aliás, a dica de pedir o “vinho da casa” é sempre uma boa pedida nos restaurantes europeus, e no Casa Novo não é diferente. Tendem a ser vinhos com ótimo custo-benefício.

E se você assim como a gente não abre mão das sobremesas, certamente vai se deliciar com as opções do menu de 3 passos. No dia da nossa visita, experimentamos a sobremesa a base de tangerina em diferentes texturas com sorvete da fruta feito na casa e pedaços de pão de especiarias – o tradicional lebkuchen, mais uma influência do Natal no cardápio. A outra opção mais clássica agrada em cheio aos apaixonados por chocolate e avelãs: uma sobremesa com castanhas, sorvete de avelãs e chocolate suíço. Para acompanhar ambas as sobremesas, mais vinho — dessa vez um doce, o Marco Fabio Dulce Moscatel.

Terminamos a experiência no Casa Novo com aquele sensação deliciosa de ter de fato “descoberto” uma das joias locais. Um almoço sofisticado na medida certa, mas ao mesmo tempo com a quantidade de passos perfeita para o tempo que tínhamos a disposição para conhecer a cidade. Restaurante para aqueles que, mesmo com a rotina corrida de um dia de viagem, não dispensam aquela pausa providencial para uma refeição memorável.

Casa Novo Restaurante & Vinoteca
Endereço: Läuferpl. 6
Horários: aberto de terça a sexta para almoço (11:30–14:30) ou jantar (17:30–23:00). Aos sábados, somente jantar (17:30–23:00). Fechado domingos e segundas. Recomendável fazer reserva antecipadamente.
Site: www.casa-novo.ch


Onde ficar em Berna

Se você decidir passar 1 ou mais noites em Berna, não deixe de pesquisar com antecedência os preços de hotéis e apartamentos no Booking, o maior site de hospedagens em todo o mundo. Veja algumas opções abaixo e reserve seu hotel com as melhores condições e segurança total:

Booking.com Booking.com

Como chegar em Berna, na Suíça

Para quem pretende visitar Berna os melhores meios de transporte são o trem ou carro alugado.
De trem: a principal estação de trem da cidade é a Bahnhof Bern. Partindo de Genebra são cerca de 1 hora e 50 minutos de distância. Já Zurique fica há 1 hora de trem.
De carro alugado: Se a opção for alugar um carro, a nossa dica é consultar os preços na Rentcars. Um serviço que compara preços entre as melhores locadoras de automóveis e apresenta uma lista com todos os carros disponíveis e valores para a locação.

Aproveite e já faça as reservas dos passeios e atrações pelo menor preço. Não perca tempo em filas!

Consulte e reserve passeios e entradas de atrações na Get Your Guide, uma das maiores e mais confiáveis plataformas de ofertas turísticas do mundo. Eles estão presentes nas maiores cidades e reúnem profissionais e empresas qualificadas que oferecem os mais variados tipos de passeios e serviços turísticos. Nós já usamos e recomendamos. Dá só uma olhada: 

E não esqueça de garantir seu seguro viagem:

O seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja por toda a Europa. E mesmo que não fosse obrigatório, não dá nem pra pensar em viajar sem seguro, né? Na hora de contratar o seguro viagem a gente sempre usa e recomenda a Seguros Promo. É um buscador que compara o preço das principais companhias de seguro viagem do mercado e apresenta as opções com melhor custo-benefício para a sua viagem!

Ah, e agora vem a melhor parte: quem é leitor do Viajar é Demais tem desconto exclusivo: basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário