Visita ao Residenz Würzburg | O que fazer em Würzburg

O que fazer em Würzburg em 1 dia: atmosfera medieval e vinhedos na Rota Romântica da Alemanha

Considerada “ponto de partida” para a famosa Rota Romântica da Alemanha (percurso de 460 km que passa por 29 das mais charmosas cidades e vilarejos medievais do país), Würzburg é mais uma daquelas joias alemãs que parecem ter congelado a passagem do tempo. Apesar de intensamente danificada durante a Segunda Guerra Mundial, a cidade foi reerguida e conseguiu manter preservada sua atmosfera medieval. De fato, Würzburg é uma legítima representante das cidades da Rota Romântica: casas em estilo enxaimel, ruas com calçamento de pedra, cafés charmosos, restaurantes de comida típica, e claro, construções históricas e seculares — casos da imponente Residenz Würzburg, da fortaleza Festung Marienberg, da icônica ponte Alte Mainbrücke sobre o rio Main, da antiga Rathaus (a prefeitura) e das belas Igrejas e Catedrais distribuídas pelo centro histórico. Para quem chegou até aqui se perguntando “O que fazer em Würzburg?“, saiba que apesar de reunir tantas atrações, Würzburg é daquelas cidades onde um roteiro bem planejado vai te possibilitar conhecer tudo de mais importante em apenas 1 dia.

Fachadas das casas no centro histórico de Würzburg com a Fortaleza "Festung Marienberg" ao fundo | Onde ficar em Würzburg
Fachadas das casas no centro histórico de Würzburg com a Fortaleza “Festung Marienberg” ao fundo

Localizada próxima a Rothenburg ob der Tauber e no meio do caminho entre Frankfurt e Nuremberg, Würzburg é uma cidade que pode facilmente ser incluída em um roteiro pela Alemanha. E para quem gosta de vinhos a cidade ainda tem um atrativo extra: cercada por vinhedos que embelezam ainda mais a paisagem, Würzburg é famosa pela produção de vinhos brancos, com destaque para a uva Sylvaner, um dos símbolos da cidade.

Mas além das vinícolas seculares e das muitas construções históricas que conferem a Würzburg o carinhoso apelido de “pequena Praga”, o maior atrativo de Würzburg é mesmo se perder pelas ruas estreitas e pequenas praças do centro histórico, se misturando aos locais e curtindo cada detalhe. De preferência com uma taça de Sylvaner nas mãos, é claro!

Nesse artigo a gente conta como foi nosso dia em Würzburg (a viagem foi realizada no inverno, no mês de dezembro, época dos Mercados de Natal da Alemanha) e traz todas as dicas do que é imperdível por lá. Segue com a gente para saber o que fazer em Würzburg e planejar com todos os detalhes o seu roteiro de 1 dia na cidade!

Antes, algumas dicas para você economizar na viagem:

O que fazer em Würzburg (Wurtzburgo) em 1 dia

Sempre que possível a gente começa nossos roteiros de 1 dia partindo da estação de trem — no caso de Würzburg, pela Würzburg Hauptbahnhof. Estações de trem quase sempre ficam bem localizadas próximas ao centro histórico, e assim o roteiro funciona bem tanto para quem pretende fazer ao estilo “bate-volta” (chegando e saindo no mesmo dia) quanto para quem decidir se hospedar por uma ou mais noites na cidade. Falando em hospedagem, nossa dica em Würzburg é o GHOTEL hotel & living Würzburg: hotel novo e moderno, localizado bem pertinho da estação de trem e a poucos minutos de caminhada do centro histórico. A rede GHotel é bem conhecida na Alemanha, e seus hotéis em geral seguem uma linha business padrão 3 estrelas mas com alguns detalhes de categoria superior, como por exemplo no fartíssimo e delicioso café da manhã.

+ Leia também: Onde ficar em Würzburg

Apesar de ser uma das maiores cidades da Rota Romântica, Würzburg ainda é uma cidade pequena e que pode ser inteiramente percorrida a pé — especialmente se considerarmos apenas a zona mais turística do centro histórico. O mapa abaixo traz uma versão resumida do nosso roteiro contemplando as principais atrações e atividades para você incluir no roteiro de 1 dia em Würzburg.

Roteiro de 1 dia em Würzburg | O que fazer em Würzburg
Roteiro de 1 dia em Würzburg | O que fazer em Würzburg

Para quem preferir ou tiver alguma dificuldade de locomoção, outra opção para percorrer o centro histórico é utilizar o serviço do trem turístico (Würzburg: excursão turística de trem). Além de fazer esse giro pela cidade em cerca de 40 minutos, o trem ainda oferece um guia em áudio com informações sobre cada atração do trajeto. Não chegamos a utilizar esse serviço pois adoramos caminhar pelas cidades e, com exceção da trilha até a fortaleza Festung Marienberg, todo o restante do trajeto é realmente bem tranquilo de executar a pé.

Compre agora: Würzburg – excursão turística de trem
Preço: a partir de €9 por pessoa

St. Johanniskirche | Igreja de São João Batista

Começamos o dia caminhando em direção a Residenz Würzburg com uma pequena parada na St. Johanniskirche, Igreja de estilo Neogótico construída em 1895. Apesar de não estar entre as atrações “obrigatórias” de Würzburg, a “Igreja de São João Batista” chama a atenção pela arquitetura moderna — suas duas torres pontiagudas fizeram a igreja ser popularmente conhecida na cidade como a “Igreja do Batman”.

Ainda do lado de fora, um memorial faz referência ao bombardeio de 1945 (durante a Segunda Guerra) que destruiu a igreja quase em sua totalidade. As partes que restaram da antiga estrutura foram aproveitadas no projeto de reconstrução, combinando o velho e o novo, numa tentativa de representar tanto os horrores da guerra quanto a vontade de recomeçar do povo de Würzburg.

Aberto diariamente para visitação gratuita, o interior da Igreja é bem diferente do padrão das principais igrejas europeias. A estrutura aparente dos tijolos das paredes e das vigas de concreto, assim como os bancos em madeira lisa dão ares de modernidade e amplitude ao espaço.

Interior da St. Johanniskirche | O que fazer em Würzburg
Interior da St. Johanniskirche | O que fazer em Würzburg

Destaque para os detalhes das esculturas em bronze do portão de entrada e das cenas da vida de Cristo esculpidas em madeira que recobrem as paredes internas.

St. Johanniskirche
Endereço:
Hofstallstraße 5
Horário: Diariamente das 9h às 18h
Entrada Gratuita

Residenz Würzburg: o “Castelo acima de todos os castelos”

Bem pertinho da St. Johanniskirche está uma das principais atrações arquitetônicas da cidade, o Residenz Würzburg. Conhecido como o “Castelo acima de todos os castelos” por sua elegância e imponência, o Residenz Würzburg foi registrado em 1981 como Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO.

Pode-se dizer que esse imponente palácio/castelo é equivalente em Würzburg ao Château de Versailles ou ao Residenz de Munique. Entretanto, a Residência de Würzburg tem como diferencial ter sido inteiramente construída dentro de uma mesma geração, em um período relativamente curto de tempo (entre 1719 e 1780). Por conta disso, sua arquitetura reúne alguns dos principais estilos ocidentais da época de sua construção: da arquitetura de château francesa, passando pelo barroco vienense e até a arquitetura religiosa do norte da Itália. Como resultado, a Residenz Würzburg é considerada até hoje como a principal obra da era barroca do sul da Alemanha.

Toda a parte externa é aberta a visitação, o que inclui um passeio pelo Hofgarten (Jardim do Tribunal) para admirar seu belíssimo paisagismo — com direito a muito verde, flores, lagos, esculturas de estilo rococó e portões de ferro fundido. Isso sem falar na possibilidade de observar toda a estrutura do Residenz pelos mais diversos ângulos. Reserva ao menos 30 minutos para caminhar pelos jardins circundando o edifício.

Já a visita ao interior do Residenz Würzburg (guiada ou por conta própria) é a única atividade onde há cobrança de ingresso, que pode ser adquirido na hora ou pelo site oficial (mais informações no box abaixo). Apesar de interessantíssima por conta dos salões repletos de afrescos e objetos de arte e das câmaras decoradas em estilo rococó, a visita interna leva ao menos 50 minutos.

Interior do Residenz Würzburg | O que fazer em Würzburg

No nosso caso. para um roteiro 1 dia em Würzburg, optamos por fazer apenas a visita gratuita pelo exterior do palácio e pelos jardins para garantir o tempo necessário para as demais atividades do dia.

Residenz Würzburg
Endereço:
Residenzplatz 2
Horário: Para visitação interna, de Abril-outubro diariamente das 9h às 18h e de Novembro a março diariamente das 10h às 16h30. Os jardins e área externa ficam abertos até o anoitecer (no máximo 20h).
Entrada: gratuita nos jardins e €9 para visita ao interior do palácio
Site: residenz-wuerzburg.de/

Seminarkirche St. Michael: Igreja de São Miguel

Próximo a uma das saídas do Residenz Würzburg está a Igreja do Seminário de São Miguel, ou Seminarkirche St. Michael. Essa é mais uma Igreja do centro histórico que vale a pena conhecer, afinal a entrada é gratuita, a visita é bem rápida e não é necessário se desviar da rota principal.

A história da Igreja de São Miguel em Würzburg remete ao século XIII, quando nesse mesmo local já havia uma pequena capela. Mas a atual Seminarkirche St. Michael foi construída bem mais adiante, somente entre 1765 a 1798. Após ser totalmente queimada nos bombardeios de 1945, a Igreja ficou por muitos anos sem o devido restauro, até que na ocasião do aniversário do seminário de Würzburg a direção da diocese decidiu redesenhar a antiga igreja seguindo o conceito arquitetônico original. Em maio de 1995 o projeto foi finalmente concluído com a finalização da cúpula, chegando na versão atual que está aberta para visitação diariamente.

Seminarkirche St. Michael
Endereço: Domerschulstraße 19
Horário: Diariamente das 8h às 16h (entrada lateral na Domerschulstrasse)
Entrada Gratuita

Neubaustrasse: edifícios históricos e vista para a fortaleza

Saindo da Igreja em direção a Marktplatz (ou “Praça do Mercado”), não deixe de seguir pela Neubaustrasse. Essa é uma daquelas ruas super charmosas, repleta de edifícios antigos com fachadas coloridas e bem conservadas. No horizonte é possível observar a Festung Marienberg sobre a colina ao fundo, completando a paisagem de cartão postal.

Marktplatz e Domstrasse: o “coração” do centro histórico de Würzburg

Finalmente é hora de conhecer o coração do centro histórico de Würzburg, no pequeno trecho que reúne a praça Marktplatz (ou Praça do Mercado) e a rua Domstrasse (Rua da Catedral). Essa região da cidade oferece um pouco de tudo, desde lojinhas, restaurantes ou supermercados até inúmeros edifícios históricos — entre eles estão algumas das principais atrações de Würzburg, como a Würzburger Dom (Catedral de Würzburg), a Neumünsterkirche, a Falkenhaus, a MarienKapelle (Igreja de Santa Maria), o Grafeneckart (Câmara Municipal) e a Rathaus (prefeitura atual). Durante a época dos Mercados de Natal nos meses de novembro e dezembro essa região fica inteiramente decorada e concentra a maioria dos estandes natalinos do Mercado de Natal de Würzburg.

Aqui a dica é aquela de sempre quando se trata de centro histórico de cidades europeias: mapeie as principais atrações mas reserve um tempo para “se perder” pelas praças e ruas estreitas.

Começamos a explorar a região da Marktplatz pela Rathaus, esse edifício central da foto abaixo, bem em frente a bonita “Fonte dos Quatro Tubos” (que tem um nome bem complicado no original: Vierröhrenbrunnen).

Prefeitura de Würzburg e Fonte dos Quatro Tubos (Foto: jan kranendonk / Shutterstock.com)

A prefeitura em si normalmente só pode ser visitada por fora, mas bem ao lado, em um recuado anexo ao edifício da prefeitura, há uma pequena sala aberta para visitação gratuita. No local, uma pequena exposição reúne fotos da cidade do período logo após os bombardeios da Segunda Guerra Mundial e até uma maquete bem impactante representando o nível de destruição da cidade.

Nas fotos a seguir, um pouco mais dos detalhes da Fonte dos Quatro Tubos e ainda o belo edifício Grafeneckart, a antiga prefeitura que hoje abriga a Câmara Municipal de Würzburg. Merecem destaque a bela fachada e a torre que podem ser observadas de vários pontos da cidade.

Seguindo em direção a fotogênica Domstrasse é possível observar ao fundo a Wurzburger Dom, ou Catedral de Würzburg — principal Igreja da cidade. Quase ao lado dela está a Neumünsterkirche, ou “Nova Catedral” — igualmente belíssima. Como a nossa viagem aconteceu durante o inverno (quando escurece cedo na Alemanha, em torno das 16h), nós demos prioridade para seguir o roteiro pelas atrações ao ar livre e deixamos para voltar e visitar o interior das igrejas mais no fim da tarde. Mas para quem estiver viajando em outra época do ano, pode valer a pena já visitar logo as duas igrejas nesse momento.

Terminando as atrações “obrigatórias” da Marktplatz, não deixe de caminhar até a parte mais ao norte no mapa onde ficam a MarienKapelle e a Falkenhaus. A “Capela de Maria” é uma igreja católica do século XIV construída em estilo gótico. Na entrada, os arcos trazem representações de Adão e Eva. Vale destacar que a atual MarienKapelle foi inteiramente reconstruída em 1950 depois do forte bombardeio de Würzburg na Segunda Guerra Mundial.

Bem ao lado está a icônica Falkenhaus, uma antiga pousada do século XVIII que foi igualmente destruída nos bombardeios e reconstruída a partir de fotos antigas, preservando o aspecto original de sua fachada em estilo rococó e cor amarela.

MarienKapelle e Falkhaus | O que fazer em Würzburg (foto: wikipedia)
MarienKapelle e Falkenhaus | O que fazer em Würzburg (foto: wikipedia)

Atualmente na Falkenhaus funciona o Centro de Informações Turísticas de Würzburg, que nós sempre recomendamos a visita para obter informações atualizadas e mais dicas do que fazer na cidade.

Tourist Information & Ticket Service at the Falkenhaus am Markt (Centro de Informações Turísticas de Würzburg)
Endereço: Falkenhaus, Marktplatz 9
Site: www.wuerzburg.de/en/visitors/tourist-information1/index.html

Schustergasse: pequena rua de compras

Ainda nos arredores da Marktplatz, não deixe de salvar no mapa e conhecer também a pequena e charmosa Schustergasse. O nome faz referência ao período em que esta ruazinha concentrava os sapateiros e sapatarias da cidade, mas já faz muito tempo que a Schustergasse se consolidou como uma rua de compras — ou melhor, um pequeno beco com alguns dos estabelecimentos comerciais mais antigos e tradicionais de Würzburg.

Schustergasse: pequena rua de compras decorada para o Natal | O que fazer em Würzburg
Schustergasse: pequena rua de compras decorada para o Natal | O que fazer em Würzburg

Independente de ter ou não qualquer interesse em compras ou de consumir algo por lá, o fato é que um simples passeio por essas fachadas históricas já seria um belo atrativo para incluir a Schustergasse no seu roteiro pela cidade. Melhor ainda por ser uma daquelas ruazinhas que está sempre decorada para alguma data festiva. No inverno (época da nossa viagem), o beco recebia uma decoração Natalina com folhas de pinheiro, bolas de árvores de Natal, estrelas e luzes penduradas entre as casas. Na época da Páscoa, há ramos verdes com uma seleção colorida de ovos e coelhos da Páscoa. E até mesmo durante o período da Oktoberfest de Munique a rua recebe pequenos corações de gengibre e pretzels para tornar tudo ainda mais encantador.

Alte Mainbrücke: a antiga ponte sobre o rio Meno

Poucos metros separam a Marktplatz da Alte Mainbrücke, a “Antiga Ponte” que corta o Rio Meno e liga o centro histórico até a outra margem do rio, de onde se pode chegar até a fortaleza Festung Marienberg.

Construída em 1476, a Alte Mainbrücke foi durante muito tempo a único forma de atravessar de um lado a outro da cidade. Mas entenda que não se trata apenas de “atravessá-la”: a ponte Alte Mainbrücke é sem dúvidas uma das atrações mais interessantes de Würzburg, e por isso vale reservar algum tempo do roteiro para curtir com calma a atmosfera do lugar.

Alte Mainbrücke | O que fazer em Würzburg
Alte Mainbrücke | O que fazer em Würzburg

Para começar, a própria ponte em si é repleta de simbolismos históricos, dispondo de doze grandes estátuas de santos e governantes ao longo de sua extensão. É justamente a semelhança de sua antiga ponte com a Ponte de Carlos na República Tcheca que rendeu a Würzburg o apelido de “Pequena Praga”.

Além disso, a Alte Mainbrücke oferece algumas das melhores vistas da cidade: de um lado, a Fortaleza Festung Marienberg e os vinhedos; do outro, a cidade velha de Würzburg, ambos margeados pelas águas do rio Meno. Para quem gosta de fotos ou vídeos de viagem, esse é o momento perfeito para muitos registros incríveis e inesquecíveis de Würzburg.

Fechada para o trânsito de automóveis, a Alte Mainbrücke se tornou nos últimos anos um grande ponto de encontro não apenas de turistas mas também para os locais. Dizem que durante o verão muita gente se reúne na ponte para curtir o visual de fim de tarde com uma taça de Silvaner ou algum outro vinho branco local da Francônia, mas no inverno eu confesso que não vi ninguém fazendo isso. Motivo para voltar durante o verão para conferir, não é mesmo? 🙂

Festung Marienberg: a imponente Fortaleza no alto da colina

Depois de atravessar a ponte Alte Mainbrücke, não deixe de caminhar alguns minutos pela margem oposta do rio para aproveitar um pouco mais do visual que se tem do centro histórico e da própria Festung Marienberg, próxima parada do roteiro. Situada no alto de uma colina cercada por vinhedos, a Fortaleza se destaca na paisagem como um dos grandes símbolos de Würzburg.

Conta a história que nessas mesma localização da Fortaleza já houve um castelo de paliçada celta e também a primeira Igreja de Würzburg. Apenas no início do século XIII iniciou-se a construção de uma fortificação ao redor dessa igreja, que foi sendo ampliada e renovada ao longo dos anos até se tornar a imponente Festung Marienberg em sua versão atual. Assim como aconteceu com boa parte da cidade durante a Segunda Guerra Mundial, a Festung Marienberg não escapou dos bombardeios e foi intensamente danificada, tendo que ser restaurada em um processo que durou até 1990.

Além de fotografar e admirar a Festung Marienberg de vários pontos da cidade, é possível também subir até o alto da colina e visitar todo o complexo, que normalmente fica aberto o ano inteiro. O trajeto de subida pode ser feito a pé por uma trilha bem sinalizada que se inicia logo após a saída da ponte, ao lado da igreja “Spitäle” no sopé da colina (cerca de 15 a 20 minutos de caminhada). De acordo com o site oficial, há ainda um ônibus que faz esse trajeto a cada 30 minutos, mas vale consultar o Google Maps ou o Centro de Informações Turísticas na ocasião da sua viagem.

Toda a área externa no complexo, incluindo os jardins da fortaleza (com cerca de 1300 metros quadrados) podem ser visitados gratuitamente. Como vocês já devem imaginar, um dos destaques da subida é a vista que se tem da cidade de Würzburg lá do alto da colina.

É possível ainda conhecer alguns espaços interiores da Festung Marienberg através do agendamento de visitas guiadas (cobradas a parte). Também no complexo da fortaleza funciona o “Museum für Franken – Museu do Estado de Arte e História Cultural em Würzburg”, que abriga em seu acervo uma coleção notável de arte da Francônia; entre outras, as mundialmente famosas esculturas de Tilman Riemenschneider, uma coleção pré-histórica, bem como testemunhos da cultura do vinho da Francônia e uma seção de folclore.

Entretanto, quando estivemos por lá, o acesso a essas áreas estava temporariamente restrito devido a um extenso processo de renovação e reestruturação que durará até 2030.

Festung Marienberg
Endereço:
Residenzplatz 2
Horário: De abril a setembro, das 9:00 às 18:00; de outubro a março, das 10:00 às 16:30. Fechado às segundas-feiras
Entrada: Gratuita para os jardins e parte externa da Fortaleza. Para o tour guiado ou visita ao Museum für Franken é necessário reservar com antecedência (consulte as tarifas atualizadas no site oficial)
Site: schloesser.bayern.de/deutsch/schloss/objekte/wu_fest.htm

De volta a Marktplatz: Würzburger Dom e Neumünster

De volta aos arredores da Marktplatz, o final de tarde em Würzburg pode ser o momento ideal para visitar o interior das duas Catedrais mais importantes do centro histórico: a Würzburger Dom e a Neumünster.

Würzburger Dom: a Catedral de Würzburg

Principal Catedral de Würzburg, a Würzburger Dom possui 105 metros de extensão e é a quarta maior igreja românica em toda a Alemanha. Inteiramente dedicada a São Kilian, a Catedral tem cerca de 1000 anos de história e é considerada uma obra prima da arquitetura alemã dos séculos XI e XII. Após ser quase integralmente queimada em 1945, o trabalho de restauração reforçou na Catedral suas características romanas, resultando em uma mistura de diferentes estilos desse período.

Do lado de fora, o principal destaque fica por conta da fachada central com suas duas torres bem mais altas do que a média das construções ao redor, marcando a paisagem da cidade.

Não deixe de entrar também para conhecer o interior da Catedral que é aberto ao público para visitação gratuita.

Anexo à nave principal, o Domschatz é o espaço que reúne o tesouro da Catedral, um santuário de relíquias, objetos funerários, joias de ouro e paramentos litúrgicos dos séculos XI ao XX. Essa é a única atividade com cobrança de entrada (o ingresso pode ser adquirido no local).

Würzburger Dom (Catedral de Würzburg)
Endereço:
Domstraße 40
Horário:
De segunda a sábado, das 10:00 às 17:00. Domingos das 13:00 às 18:00. O Domschatz (tesouro) costuma fechar 30 minutos antes).
Entrada:
Gratuita na Catedral e €2 no Domschatz

Neumünster: a “nova” Catedral

A seguir, é hora de visitar a Neumünster, que apesar do nome não é exatamente “nova” — sua construção começou ainda no século XI. A Neumünster fica praticamente ao lado da Würzburger Dom, e por conta disso a melhor forma de otimizar o seu roteiro é visitando as duas na sequência.

Da fachada ao interior, a Igreja lembra bastante o padrão das igrejas italianas, com belíssimos afrescos e até uma cúpula lindamente ornamentada. Diferente da Würzburg Dom (cujo interior segue uma linha mais sóbria), aqui a riqueza de detalhes impressiona. Por não ter sido tão destruída quanto a Catedral vizinha, a Neumünster mantém muito de sua estrutura original ainda preservada.

A visita a Neumünster também gratuita. Para visitar ambas as igrejas, reserve cerca de 30 a 40 minutos do seu roteiro de 1 dia em Würzburg.

Neumünster
Endereço:
Domstraße 40
Horário:
Diariamente, das 8:00 às 17:00.
Entrada Gratuita

Vinícolas de Würzburg: Bürgerspital e Juliusspital

Está lembrado que Würzburg é famosa pela produção de vinhos brancos, certo? Pois as duas vinícolas mais importantes da cidade, a Bürgerspital (séc. 14), a Juliusspital (séc. 16), ficam localizadas no centro histórico e oferecem tanto degustações dos principais rótulos quanto restaurantes próprios, onde obviamente o vinho estará presente com destaque. Para quem é fã de vinhos, visitar ao menos uma dessas vinícolas e experimentar uma taça de vinho branco da uva Sylvaner diretamente da fonte é uma experiência imperdível! Afinal, não é por acaso que Würzburg é considerada “a capital do vinho da Francônia”.

Nós optamos por conhecer a Bürgerspital e inclusive escolhemos o restaurante deles para o jantar. O Bürgerspital Weinstuben é um restaurante de estilo sofisticado, apesar dos pratos em geral seguirem a proposta gastronômica típica da Francônia. Confesso até que achamos os preços um pouco salgados, acima da média da cidade e dessa região da Alemanha que se notabilizou por ter preços baixos, mas a comida estava ótima e gostamos bastante da experiência.

Würzburg a noite com a Festung Marienberg iluminada ao fundo

Assim termina o nosso roteiro de 1 dia em Würzburg, um roteiro que pode ser realizado em qualquer época do ano que você visita a cidade. Mas como já contamos que nossa viagem aconteceu em dezembro, ainda tivemos o “plus” de poder conhecer o Mercado de Natal de Würzburg, um dos mais famosos da Alemanha. Quer saber um pouco mais sobre o Natal em Würzburg?

Würzburg | Mercados de Natal da Alemanha

Würzburg é mais uma daquelas cidades que vale a pena conhecer em qualquer época do ano. Mas se você também optar por viajar nos meses de novembro e dezembro, é nesse período que o aroma de vinho quente e lebkuchen torna tudo ainda mais encantador nos arredores da Marktplatz. Nessa zona da cidade os edifícios históricos como a Marienkapelle e Falkenhaus recebem a companhia dos cerca de 120 estandes decorados e iluminados do Weihnachtsmarkt Würzburg – o Mercado de Natal de Würzburg.

Weihnachtsmarkt Würzburg | Mercado de Natal de Würzburg (créditos: wuerzburg.de)
Weihnachtsmarkt Würzburg | Mercado de Natal de Würzburg (créditos: wuerzburg.de)

A estrutura do mercado de Natal segue o padrão das cidades menores, bem aconchegante e frequentado essencialmente pelos moradores da região. Nos estandes, além de enfeites natalinos e itens de artesanato, é difícil resistir à grande oferta de doces e comidas típicas de uma região que já é famosa pela farta gastronomia como a Baviera.

Vale destacar que não apenas a praça do Mercado recebe a decoração natalina. Todo o centro histórico é preparado de maneira especial para celebrar o período mais festivo da Alemanha.

Mercado de Natal de Würzburg | Weihnachtsmarkt Würzburg
O que é imperdível: A integração entre o mercado e o belo centro histórico que fica todo decorado para o Natal.
Leia mais em: Mercados de Natal da Alemanha


Onde ficar em Würzburg?

Ainda não escolheu o hotel em Würzburg? Dentre os pouco mais de 100 hotéis e hospedagens da cidade, selecionamos algumas das melhores opções para um roteiro de 1 dia em Würzburg, priorizando a localização central e o custo-benefício da experiência.

  • GHOTEL hotel & living Würzburg (diárias a partir de €75): Nossa escolha pessoal para a estadia em Würzburg, é um hotel novo e moderno, localizado bem pertinho da estação de trem (o que facilita muito para viagens de 1 dia) e a poucos minutos de caminhada do centro histórico. A rede GHotel é bem conhecida na Alemanha, e seus hotéis em geral seguem uma linha business padrão 3 estrelas mas com alguns detalhes que aparentam ser de categoria superior, como por exemplo no fartíssimo e delicioso café da manhã (somente €12 por pessoa).
  • City Partner Hotel Strauss (diárias a partir de € 60): Hotel antigo e familiar, com quartos que carecem de alguma renovação, mas com bom preço e excelente localização.
  • Franziskaner (diárias a partir de € 70): Mais um hotel familiar e bem localizado, mas com quartos amplos e renovados.
  • Mercure Hotel Würzburg am Mainufer (diárias a partir de € 88): Hotel 3 estrelas da tradicional rede Mercure, no coração do centro histórico. Quartos modernos e ótima estrutura.
  • Hotel Würzburger Hof (diárias a partir de € 100): Hotel de luxo, com linda decoração, quartos amplos e excelente café da manhã (cobrado a parte). Hotel mais tradicional de Würzburg, está entre os melhores da cidade.
    ——————————————–
    Leia mais em: Onde ficar em Würzburg

Para consultar os preços desses e de outros hotéis e apartamentos em Würzburg, na Alemanha, faça agora mesmo uma pesquisa com descontos incríveis pelo Booking , o maior site de hospedagens em todo o mundo!

Booking.com Booking.com

Como chegar em Würzburg, na Alemanha?

É bem provável que seu voo para a Alemanha chegue por Frankfurt, Berlim ou Munique. Em qualquer um desses casos, o trem é um dos melhores meios de transporte para viajar até Würzburg. Nós fizemos nossa viagem pela Alemanha com o Eurail Global Pass, um passe ilimitado para viajar de trem pela Europa.

+ Consulte os preços de passagens de trem até Würzburg ou passes de trem pela Alemanha com a Eurail

Se estiver utilizando carro alugado, recomendamos utilizar o RentCars, um comparador de preços entre as principais empresas de aluguel de carros na Europa. Além de encontrar os menores preços, a principal vantagem da RentCars é que você paga pelo aluguel do carro em real (sem IOF) e sem chances de ser surpreendido e ter que pagar um valor acima do planejado por conta do câmbio do dia.

+ Compare os preços de aluguel de carro na Alemanha com a RentCars

Mais atividades em Würzburg

Consulte e reserve passeios e entradas de atrações na Get Your Guide, uma das maiores e mais confiáveis plataformas de ofertas turísticas do mundo. Eles estão presentes nas maiores cidades e reúnem profissionais e empresas qualificadas que oferecem os mais variados tipos de passeios e serviços turísticos. Nós já usamos e recomendamos. Dá só uma olhada: 

Contrate agora o seguro viagem obrigatório na Alemanha

O seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja pela Alemanha. E mesmo que não fosse obrigatório, não dá nem pra pensar em viajar sem seguro, né? Na hora de contratar o seguro viagem a gente sempre usa e recomenda a Seguros Promo. É um buscador que compara o preço das principais companhias de seguro viagem do mercado e apresenta as opções com melhor custo-benefício para a sua viagem!

Ah, e agora vem a melhor parte: quem é leitor do Viajar é Demais tem desconto exclusivo: basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário