Mercado de Queijos de Gouda (Gouda Cheese Market) | O que fazer em Gouda

O que fazer em Gouda: roteiro de 1 dia no paraíso do queijo e do stroopwafel na Holanda

Se você é fã de queijos, certamente o nome “Gouda” não deve soar estranho, né? Pois o nome do queijo é justamente em homenagem a cidade holandesa de Gouda, um pequeno município no oeste da Holanda entre Roterdã e Utrecht. Produzido nos arredores de Gouda (a pronúncia correta em holandês seria algo como ‘Ráuda”), o queijo de formato cilíndrico é o principal responsável por tornar a cidade conhecida mundialmente. Mas experimentar o famoso queijo em sua cidade de origem é só uma das muitas atividades na lista de o que fazer em Gouda.

Situada a menos de 1 hora de trem a partir de grandes cidades da Holanda, Gouda costuma ser um destino muito procurado para viagens de “bate-volta”, ou seja, quando você vai e volta no mesmo dia. No caso de Gouda, o dia “clássico” para fazer esse roteiro de 1 dia é a quinta-feira. É nesse dia que semanalmente (entre os meses de abril a setembro) acontece pela manhã o tradicional Mercado de Queijos de Gouda. O evento tem séculos de história e ainda hoje mantém a tradição de reunir produtores artesanais dos arredores de Gouda (não apenas de queijo, mas de diversas outras especialidades locais).

Mas além do queijo famoso, sabe que outra especialidade da Holanda tem origem na cidade? Acertou quem pensou no “Stroopwafel” (mas que em gouda é chamado também de siroopwafel)! Sim, essa é outra iguaria holandesa cuja receita original foi criada em Gouda e permanece sendo produzida pela Kamphuisen. Se você não faz ideia do que é um stroopwafel, leia agora mesmo nosso artigo completo sobre o mais famoso biscoito holandês.

+ Leia mais: O que é Stroopwafel?

Saindo da esfera gastronômica, um roteiro de 1 dia em Gouda ainda pode incluir visitas a igrejas históricas, edifícios centenários (como a prefeitura do século XV), praças, museus e até canais. Para os mais aventureiros, ainda é possível alugar uma bicicleta para explorar os arredores de Gouda e conhecer a zona rural da Holanda (com direito a lindas paisagens, vaquinhas pastando e até moinhos de vento pelo caminho).

Na sequência apresentamos um roteiro detalhado para 1 dia com todas as dicas e sugestões sobre o que fazer em Gouda, na Holanda.

O que fazer em Gouda: roteiro de 1 dia

Estação de trem de Gouda

A melhor forma de viajar até Gouda é utilizando o trem, de preferência utilizando um passe como o Benelux Pass da Eurail. Nesse caso, o início do roteiro acaba sendo na estação de trem de Gouda, que fica bem próxima das atrações da cidade. Para ter uma ideia, uma caminhada da estação de trem até a praça Markt, onde acontece o Mercado de Queijos de Gouda (Gouda Cheese Market) leva exatos 10 minutos (cerca de 750 metros).

É claro que, em se tratando de uma cidade holandesa, os tradicionais canais estão presentes em Gouda, já no caminho entre a estação e a praça. Estávamos na correria para chegar no horário de início do Mercado de Queijos mas ainda assim foi impossível resistir a registrar a beleza do cenário, como essa foto tirada da ponte Kleiwegbrug.

Gouda: as paisagens entre a estação e o centro histórico
Gouda: as paisagens entre a estação e o centro histórico

Mercado de Queijos de Gouda | Gouda Cheese Market

Se você seguiu o nosso conselho e escolheu visitar Gouda em uma quinta-feira, a primeira coisa a fazer é ir direto para a Markt, principal praça do centro histórico. É lá que acontece o tradicional Mercado de Queijos de Gouda (Gouda Cheese Market), uma espetacular feira histórica e nostálgica que existe desde o ano de 1198. Todas as quintas pela manhã, agricultores e comerciantes locais ocupam a praça e seus arredores com o melhor da produção local do autêntico queijo Gouda. A praça fica literalmente tomada por queijos, centenas de peças amarelas enormes em formato arredondado expostos pelo calçamento, como manda a tradição.

Mercado de Queijos de Gouda (Gouda Cheese Market) | O que fazer em Gouda
Mercado de Queijos de Gouda (Gouda Cheese Market) | O que fazer em Gouda

Apesar do mercado em si se estender até a tarde, é importante tentar chegar no horário de abertura, as 10h da manhã em ponto. É nesse horário que acontece uma espécie de encenação reproduzindo as negociações de queijo tal qual elas aconteciam no passado. Vestidos à caráter, os produtores de queijo negociam os preços dos melhores queijos até chegarem a um acordo, que é selado com palmas. Há ainda carroças puxadas por cavalos (como as que eram usadas para o transporte dos queijos) e jovens vestidos como os funcionários da época. Ao final da cena, o mercado é considerado oficialmente “aberto”. É tudo bem rapidinho e apesar de ser em holandês, o contexto permite entender tudo que está acontecendo. 🙂

Nesse horário a praça costuma estar cercada por turistas, ansiosos para experimentar o legítimo Gouda. E quando digo “legítimo” é porque, apesar de ser produzido em outras partes do país (e do mundo), os locais dizem que o ‘Gouda’ de verdade é somente o que é produzido na cidade e em seus arredores! Tirando o aspecto “marketeiro” da coisa, é bem verdade que o Gouda dessa região possuem características únicas por conta de diversos fatores que não podem ser reproduzidos, como o tipo de solo, a temperatura, a alimentação das vacas, a qualidade do leite, o método de produção, etc. E sendo bem sincero, o queijo Gouda original sequer se parece com o que estávamos acostumados a comer aqui no Brasil. Especialmente os que tem maior período de maturação.

Feira de produtos típicos e artesanato local

Após a apresentação, é hora então de começar de fato a explorar as barracas de produtos típicos da região. A feira em si não se limita a praça Markt e se estende por praticamente todo o centro histórico de Gouda. Claro que boa parte das barracas é de…queijo! Em todas elas é possível conversar diretamente com o produtor e experimentar provinhas de todos os tipos e estilos de queijo. Trufados, com ervas, maturados, com alho, ou mesmo nas versões mais simples, os queijos são fantásticos e a vontade é comprar tudo!

Mas a feira não se limita aos queijos de renome mundial. Nas barracas você encontra todos os tipos de produtos regionais, de pães, doces e peixes até itens de artesanato.

No campo da gastronomia, não deixe de experimentar o stroopwafel de uma das barracas de produtores artesanais. Como já dissemos, esse é um dos produtos mais típicos de toda a Holanda e foi originalmente criado em Gouda.

Outra iguaria que vale provar são os ‘Poffertjes‘, pequenas panquecas macias feitas com fermento e farinha de trigo sarraceno. De textura leve e esponjosa, o doce pode ser servido na forma simples (com açúcar e manteiga) ou com diferentes coberturas como xaropes ou nutella.  

De Goudse Waag | Casa de Pesagem

Depois de passear e comer bastante pelo mercado de queijos de Gouda, não deixe de visitar ainda na praça principal a De Goudse Waag (ou “Casa de Pesagem”). No passado, era nesse edifício autêntico construído em 1668 que todos os produtos eram pesados antes de serem vendidos no mercado de queijos (daí o nome).

Hoje, a antiga casa de pesagem em Gouda abriga em seu primeiro andar o escritório de turismo de Gouda (VVV Gouda), enquanto o restante do edifício é dedicado ao Museu de Queijos e Artesanato, onde é contada a história do mercado de queijos de Gouda.

Escritório de turismo de Gouda (VVV Gouda)

Nós sempre recomendamos visitar os escritórios de turismo nas cidades europeias, e em Gouda não é diferente. Esse é o local para conseguir mapas ou informações atualizadas sobre o que fazer em Gouda.

Além disso, existem diversos souvenirs e outros produtos à venda no local – entre eles os queijos, é claro – e uma reprodução da balança de pesagem que era utilizada no passado.

VVV Gouda (Informações Turísticas)
Markt 35, 2801 JK Gouda
[email protected]
tel:+31 (0) 182589110
Aberto diariamente das 10:00 às 17:00

Museu do Queijo | Kaasmuseum

No restante do edifício De Goudse Waag funciona o Museu do Queijo (Kaasmuseum). Com entrada paga, o local conta um pouco mais da história do Mercado de Queijos de Gouda e do processo de fabricação dos queijos através de objetos típicos e até um pequeno vídeo.

O museu em si não chega a ser imperdível, mas como é relativamente barato e bem rápido de conhecer, a escolha por visitar ou não fica a seu critério. Particularmente, uma das coisas mais legais do museu é a vista da praça e do Mercado de Queijos de Gouda a partir da janela principal. Foi de lá que tiramos algumas das fotos vistas de cima, como essa com o prédio da Prefeitura ao fundo que foi até parar no nosso Instagram @viajaredemais:

Museu do Queijo | Kaasmuseum
Endereço: Markt 35, 2801 JK Gouda, Países Baixos
Entrada: €4,50 p/ pessoa
Aberto diariamente das 12:00 às 17:00

Prefeitura de Gouda | Stadhuis van Gouda

Falando da foto anterior, esse prédio que se destaca ao fundo do Mercado de Queijos é justamente a Prefeitura de Gouda (Stadhuis van Gouda). A história do edifício começa em 1438, quando um grande incêndio na cidade causou graves danos à antiga prefeitura. O conselho da cidade decidiu que o novo edifício deveria ser erguido na praça Markt, que nessa época era um terreno pantanoso.

Não deixe de circular todo o edifício e reparar nos detalhes. Na parede lateral direita existem sinos e marionetes mecânicos que são acionados para uma exibição com dois minutos de duração a cada meia hora.

O interior do edifício hoje em dia é utilizado para celebrações e eventos. Dizem que ocasionalmente está aberto para visitação, mas não foi o caso de quando visitamos a cidade.

Kamphuisen Siroopwafelfabriek: famosa fábrica de stroopwafels

Em uma cidade onde até o nome é associado ao queijo, existe uma iguaria tipicamente holandesa que ousa tentar dividir as atenções. É claro que estamos falando mais uma vez dos deliciosos stroopwaffels (ou Siroopwafel). Diz a tradição da cidade que os mais deliciosos de todos são feitos pela Kamphuisen, uma empresa familiar que utiliza a mesma receita original desde 1810!

E o melhor é que em Gouda você pode experimentar o stroopwafel fresco, literalmente saindo do forno. Tanto a fábrica quanto a loja oficial ficam no coração do centro histórico, pertinho de todas as atrações. A loja evidentemente é aberta ao público e tem a venda diferentes versões e tamanhos do stroopwafel, inclusive em lindas embalagens para presente.

Já a visita a fábrica (no mesmo local) acontece geralmente de hora em hora, a depender da demanda. É possível reservar com antecedência e hora marcada (pelo site oficial) ou comprar o ticket na hora – nesse caso, sob risco de não ter mais vagas.

O tour guiado se inicia com um vídeo que conta a história da Kamphuisen e sua fábrica de stroopwafels. Nesse momento já é possível degustar alguns pedaços do doce acompanhado de café enquanto aprendemos sobre a história centenária.

Na sequência conhecemos a fábrica propriamente dita e o todo processo de produção, desde a mistura dos ingredientes da massa até o stroopwafel quentinho, recém saído do forno. Apesar de todo o maquinário, o processo segue tendo etapas artesanais para garantir a qualidade e o sabor originais. O mais impressionante é ver como cada stroopwafel é assado em poucos segundos por conta das altas temperaturas.

No final da visita, cada participante recebe um dos stroopwafels quentinhos (os mesmos que acompanhamos em produção) e tem novamente a opção de comprar os produtos da marca. Vale destacar a simpatia dos funcionários ao longo de toda a visita – não apenas de quem realiza o tour guiado, mas de toda a equipe, nas mais diferentes funções.

O tour dura no total aproximadamente 60 minutos e a entrada custa €9 por pessoa (com direito a vários momentos de degustação e o stroopwafel no final). A atividade é divertida super adaptada para famílias com crianças, mas é voltada para todas as idades.

Kamphuisen Siroopwafelfabriek
Endereço:
Markt 69
Horário: Aberto todos os dias de 10:00 às 18:00
Telefone: +31 182 634 965
Site: siroopwafelfabriek.nl

Catedral de São João | Sint-Janskerk

Ainda no centro histórico de Gouda, a Catedral de São João (Sint-Janskerk) é um dos edifícios icônicos da cidade. Após um grande incêndio em 1552 destruir boa parte da Igreja original, seus diretores decidiram construir a “igreja mais espetacular da Holanda”. Com 123 metros de extensão (a maior igreja da Holanda) e 72 vitrais incríveis, a igreja gótica é de fato uma das mais impressionantes que visitamos.

Sint-Jan | Imagem: www.sintjan.com

Para visitar o interior da Igreja é necessário adquirir entradas (que já incluem o equipamento de áudio-guia com informações sobre a igreja em inglês ou holandês). As entradas podem ser compradas na hora. Nem sempre a gente recomenda pagar para fazer esse tipo de visita, mas a Sint-Janskerk é mesmo imperdível.

Logo de cara é impossível não se encantar pela beleza dos vitrais, especialmente quando a luz do sol incide, deixando o interior da igreja com uma atmosfera quase mágica. A maior parte dos vitrais retrata cenas bíblicas ou da história holandesa. Os mais antigos datam do ano de 1555 e ainda são preservados originais.

É difícil definir o tempo indicado para essa atividade, uma vez que depende muito do quanto cada um está disposto a seguir o áudio-guia e saber cada detalhe sobre a Igreja. Estime ao menos 30 minutos para a visita.

Sint-Jan | Imagem: www.sintjan.com

Apesar dos vitrais roubarem as atenções, a Igreja como um todo é belíssima. Não deixe de reparar na arquitetura, nos lustres e no belo órgão.

Sint-Jan: órgão e vitrais | Imagem: www.sintjan.com

Catedral de São João | Sint-Janskerk
Endereço: Achter de Kerk 2
Horário: De segunda a sábado, das 9:00 às 17:15
Entrada: 8,50€ (incluído áudio-guia)

Passeio de bicicleta e picnic nos arredores de Gouda

Depois de experimentar o Mercado de Queijos e conhecer o básico do entorno da praça Markt e do centro histórico, uma dica que foge um pouco ao básico a se fazer em Gouda é alugar uma bicicleta para um passeio pelos arredores da cidade. Se os centros urbanos das cidades holandesas já são encantadores, a região rural do país não deixa por menos! Tivemos uma experiência inesquecível em meio a campos verdes, pequenos vilarejos, fazendas e paisagens bucólicas que parecem saídas de um filme.

Existem algumas empresas em Gouda que prestam esse tipo de serviço. Nós fizemos com a Rep.26 Tweewielerspecialisten (@rep26tweewielers), uma empresa especializada em aluguel e reparo de bicicletas. O pacote que fechamos (com a VVV Gouda) previa ainda uma cesta de picnic que seria o nosso almoço nesse dia.

A região onde Gouda está situada é conhecida também como o “Coração Verde da Holanda”, onde há uma extensa rede de ciclovias muito bem sinalizadas. Se você não tem ideia do percurso a fazer, o pessoal da VVV Gouda (o escritório de turismo) ou a equipe da própria Rep 26 tem várias sugestões de acordo com a sua prática e preparo físico. O mapa abaixo tem a rota que fizemos pela região.

Nosso roteiro de bicicleta nos arredores de Gouda | O que fazer em Gouda
Nosso roteiro de bicicleta nos arredores de Gouda | O que fazer em Gouda

No início do trajeto fizemos o percurso até a vila Sluipwijk que pertence ao município de Reeuwijk, situada a cerca de 3 km a nordeste de Gouda. Toda essa região é bastante pantanosa, e a ciclovia é cercada por verde e por água de ambos os lados. Para dar uma ideia do quanto a vila é pacata, sua população é estimada em apenas 380 moradores!

Para o picnic, paramos as bicicletas em um dos muitos decks à beira dos “lagos” (não sei se tecnicamente são lagos, mas a aparência é essa). Nesse momento infelizmente o tempo fechou e caiu até uma chuva bem fininha, o que atrapalhou um pouco as fotos mas não a nossa experiência. A cesta de picnic tinha sanduíches, saladas, sucos, leite e até uma mini-espumante! É muito gostosa toda a experiência de fazer um picnic em um lugar tão pacato e em contato com a natureza.

Em outra parte do percurso a rota se aproxima da fronteira com a província de Utrecht, passando por cidadezinhas e pequenas vilas pacatas como Hekendorp – essa com menos de 300 habitantes! Pelo caminho, mais campos verdes, mais lagos e canais, vacas, pequenos vilarejos e até alguns moinhos vistos ao longe.

Conseguimos até nos aproximar de um dos moinhos mais acessíveis e claro que demos uma paradinha para descansar as pernas e tirar uma selfie pra registrar o momento no nosso instagram @viajaredemais:

O trajeto que escolhemos era de cerca de 23 km no total, e com todas as paradas para fotos e para o picnic levamos por volta de 2 horas e 30 minutos.

Rep.26 Tweewielerspecialisten
Endereço: Nieuwehaven 147
Horário: De terças à sábados, das 09:00 às 18:00
Site: https://www.rep26.nl

De volta ao centro histórico de Gouda

Após devolver as bicicletas ainda havia algum tempo para “nos perdermos” pelas ruazinhas do centro histórico de Gouda. Aproveitamos para caminhar lentamente de volta a estação de trem e curtir a beleza da cidade.

Canais de Gouda

David’s Gelato | Sorvete de Stroopwafel

Antes de deixar a cidade, precisávamos fazer uma última parada. Em nossas pesquisas antes da viagem, encontramos uma simpática sorveteria super bem avaliada, a David’s Gelato. Além das ótimas avaliações, o que nos chamou a atenção foi o fato deles fabricarem sorvete de Stroopwafel! Como fãs dessa iguaria holandesa, e na cidade onde a receita original foi criada, é claro que não poderíamos perder! 🙂

A David’s Gelato fica a apenas uma quadra da praça principal de Gouda. O sorvete é muito cremoso e tem até pedacinhos de stroopwafel. Tome nota do nome e do endereço para não perder essa chance única! 🙂

David’s Gelato
Endereço: Lange Tiendeweg 23
Horário: aberto todos os dias, das 10:00 às 21:00
Site: www.davidsgelato.com

Compras em Gouda

Já se aproximando da estação de trem, os arredores da rua Kleiweg concentram muitas lojinhas de produtos típicos – entre eles o queijo, é claro! Não chegamos a comprar nada ou encontrar nenhuma loja incrível para indicar, mas esse é o momento ideal para aquela última compra para quem vai deixar a cidade.

Assim foi o nosso dia em Gouda! Se gostou das nossas dicas sobre o que fazer em Gouda, deixe seu comentário! 🙂


Onde ficar em Gouda

Agora que você já sabe o que fazer em Gouda, se decidir passar uma ou mais noites na cidade, pesquise agora mesmo pelos melhores hotéis na cidade com os menores preços:

Booking.com Booking.com

Mais atividades em Gouda

Consulte e reserve passeios e entradas de atrações na Get Your Guide, uma das maiores e mais confiáveis plataformas de ofertas turísticas do mundo. Eles estão presentes nas maiores cidades e reúnem profissionais e empresas qualificadas que oferecem os mais variados tipos de passeios e serviços turísticos. Nós já usamos e recomendamos. Dá só uma olhada: 

E não esqueça de garantir seu seguro viagem:

O seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja pela Holanda. A empresa de seguros que a gente sempre usa e recomenda é a Seguros Promo. É um buscador que compara o preço das principais companhias de seguro viagem e apresenta sempre a opção com melhor custo-benefício para a sua viagem!

Ah, e agora vem a melhor parte: leitor do Viajar é Demais tem desconto, basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Augusto
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário

Viajar é Demais