Onde se hospedar: conheça o elegante The WestIn Seattle

Onde se hospedar: conheça o elegante The WestIn Seattle

Se você chegou neste artigo é porque tem Seattle como uma das cidades que vai visitar nos EUA.  No nosso planejamento de roteiro fizemos muitas buscas por boas opções para se hospedar e o hotel The WestIn Seattle foi uma ótima escolha.

Hotel WestIn Seattle

Um hotel elegante e classudo, com todos os elementos de conforto e estrutura esperados. A começar pelo amplo lobby onde é possível encontrar o Relish Restaurant (confira mais abaixo nossas impressões) e o bar, além é claro, da área de front desk e do concierge que funcionam 24 horas.

The WestIn Seattle: lobby amplo e elegante| Imagem: site do hotel

Localização do hotel The WestIn Seattle

Situado em uma área central da cidade, o hotel The WestIn Seattle fica próximo das principais atrações turísticas, da região comercial com grandes lojas e cercada de restaurantes. Em poucos minutos caminhando, é possível chegar por exemplo ao Pike Place Market, o mercado público de Seattle.

Frequentado tanto por turistas quanto pelos locais, no mercado da Pike Street você vai encontrar de tudo em matéria de gastronomia da cidade de Seattle (e até alguns souvenirs para trazer de lembrança de viagem). Frutas frescas, doces, frutos do mar, queijos, chocolates, cafés, vinhos, cervejas: dos restaurantes aos pequenos stands você terá uma verdadeira imersão na produção gastronômica de Seattle. Para completar, os preços não são nada abusivos – ao contrário, comer e beber por lá é mais barato do que na maioria dos restaurantes – e tudo é de fato de ótima qualidade. Mais do que explicado o por que dos moradores locais terem no Pike Market sua fonte diária de produtos frescos e locais.  

Chai está segurando a metade de uma laranja atrás de uma banca de frutas vermelhas no Pike Place Market de Seattle
Pike Place Market: frutas e verduras frescas

Outra facilidade da localização do hotel The Westin Seattle é o Monorail, um transporte público sobre trilhos suspensos (o trem vai por cima ) que hoje é destinado basicamente para fins turísticos. A estação do centro da cidade fica a poucos passos do hotel e os trilhos passam bem em frente.

The WestIn Seattle: a linha do Monorail passa em frente ao hotel

O Monorail tem uma única linha com serviço funciona durante o dia, ligando a zona central ao Seattle Center, onde estão boa parte das principais atrações turísticas da cidade: Space Needle, MoPOP – Museum of Pop Culture, Chihuly Garden and Glass e outros. Aliás, importante comentar que visitamos essas atrações e outras mais com quase 50% de desconto por conta do CityPASS Seattle. Compramos com antecedência pagando no cartão de crédito ainda no Brasil nesse link.

Acomodações do Hotel WestIn Seattle

Seguindo o mesmo padrão elegante que já mencionei sobre o lobby do hotel, o quarto em que ficamos, da categoria Grand View King Guest Room, tinha a estrutura e o conforto que se espera de um hotel desse porte. Acarpetado, espaçoso e com mobiliário típico de um hotel de estilo executivo: escrivaninha grande, poltrona, sofá e televisão. Além é claro, de uma cama enorme com colchão e travesseiros de qualidade que garantiram uma noite de sono super tranquila.

The WestIn Seattle: quarto Grand View King Guest Room | Imagem: site do hotel

Mas o destaque cabe mesmo para a vista incrível da baía Elliot que impressiona de qualquer ângulo. O formato arredondado da parede envidraçada que segue o formato do prédio – são duas torres redondas, que permitem uma visão panorâmica a partir das janelas de vidro que vão do teto ao chão.


The WestIn Seattle: vista do quarto Grand View King Guest Room | Imagem: site do hotel

Ficamos por algum tempo tirando fotos e admirando a vista lá de cima. Impossível não se impressionar com a beleza dos prédios contrastando com a baía ao fundo. Em dias de céu claro, é possível observar a cordilheira – a famosa Olympic Mountains que fica a oeste da cidade.

The WestIn Seattle: admirando a vista com os telhados cobertos de neve

Então decidimos abrir as portas do móvel sobre o qual estava a TV e surpresa: uma máquina de café com sachê e copos Starbucks – sim, a marca famosa que por sinal nasceu em Seattle! Depois da descoberta, ficamos mais um tempo admirando a vista e bebendo nosso café – tudo cortesia para o hóspede, é claro!

The WestIn Seattle: máquina de café com produtos Starbucks

Além dessas comodidades, o hotel ainda oferece uma garrafa de água mineral cortesia, wi-fi com conexão estável e dock station com tomadas e USB para carregar os equipamentos.

Como é o banheiro do quarto Grand View King Guest Room

O banheiro também era amplo e equipado com todos os elementos necessários para o conforto, inclusive banheira. Um kit de amenities completo ficava sobre o balcão da pia que era grande suficiente para eu espalhar todas as minhas bolsinhas (sou dessas! Me julguem!). Também tinha secador de cabelo, roupão e um ótimo jogo de toalhas macias disponível.

The WestIn Seattle: banheiro do quarto Grand View King Guest Room | Imagem: site do hotel

Nossa experiência no Relish Restaurant

Tivemos a oportunidade de experimentar o Relish Restaurant em duas ocasiões: uma vez para o jantar e outra para o café da manhã.

Jantar no Relish Restaurant

No jantar, experimentamos os tradicionais hambúrgueres acompanhados de batata frita e um flat de cerveja artesanal de Seattle que dividimos. E olha que mesmo chegando bem tarde (por volta de 22 horas) fomos muito bem atendidos. Além de servidos com uma bela apresentação, os sanduíches estavam ótimos, com ingredientes de qualidade e fresquinhos.

O Guto escolheu o Relish Burger, que levava carne bovina grelhada na brasa, bacon defumado, queijo Marco Polo Peppercorn da Beecher, anéis de cebola fritos, corações de alface romana, tomates maduros e o molho de carne feito em casa.

Eu escolhi uma opção que levava queijo gorgonzola – o Forest Mushroom Burger. A composição era carne bovina, cogumelos da floresta assados, cebola caramelizada, queijo gorgonzola rogue creamery, aioli e rábano.

Ainda teve uma sobremesa para completar nossa refeição: Deep dish Washington Apple Pie. Os preços são compatíveis com a média da cidade.

Jantar no Relish Restaurant

Café da manhã no Relish Restaurant

No outro dia, pudemos experimentar o café da manhã servido no Relish Restaurant. Importante mencionar que além do modelo de café com buffet no padrão internacional e num formato mais slow, o Relish tem um balcão com uma super estrutura para preparação de cafés e com comidas “to go”.

Relish Restaurant no Hotel WestIn Seattle: conveniência do balcão “to go” e espaçoso para refeições mais completas

Mas voltando à nossa experiência de café de manhã, encontramos um farto buffet distribuído ao longo da área próxima à cozinha do restaurante. Setorizado de forma que o fluxo dos hóspedes e clientes pudesse funcionar, encontramos uma área destinada a patisseries, bolos e pães variados tendo inclusive, uma torradeira daquelas grandes com uma esteira em que a fatia de pão some e reaparece tostadinha.

Café da manhã no Relish Restaurant: pães, bolos e patisseries variadas

Em uma área destinada às opções frias, encontramos frutas da estação, geleias caseiras, sucos e iogurtes. Isso sem contar os cereais que também ficavam ali por perto para já fazer aquela combinação fit saudável.

Café da manhã no Relish Restaurant: opções saudáveis

Em seguida, no balcão que divide a cozinha do salão, encontramos as opções quentes. Com tanta variedade, ficou difícil experimentar de tudo. Desde ovos mexidos, o tradicional bacon, passando por salsichas, linguiças e até batata souté. Uma delícia!

Café da manhã no Relish Restaurant: muitas opções de pratos quentes

O café era servido na mesa pela equipe que assim que a gente se acomodou veio nos perguntar oferecendo várias opções – café preto, com leite, cappuccino, chocolate, chá. Sentados à mesa e com nossos cafés devidamente servidos, só restou aproveitar as delícias antes de sair para encarar as temperaturas baixas do inverno nos EUA.

Café da manhã no Relish Restaurant: mesa farta com café quentinho

O que mais o Hotel WestIn Seattle oferece?

Estacionamento

O hotel The WestIn Seattle tem serviço de estacionamento mas nós não utilizamos dessa vez. Mas sempre é bom saber da disponibilidade, pois essa é uma região bastante procurada para quem curte fazer road trip.

Academia, piscina e sala de alongamento

Não deu tempo de colocar nosso programa de atividades físicas em dia mas vale o destaque aqui para enorme piscina indoor e a academia completa com equipamentos para aeróbico e pesos livres para treino de força. Para quem curte yoga ou Pilates, o hotel tem ainda uma sala com colchonetes e apetrechos para essas modalidades.

The WestIn Seattle: lobby amplo e elegante| Imagem: The WestIn Seattle website

Quanto custa se hospedar no The WestIn Seattle?

Na nossa última consulta à página do The WestIn Seattle no Booking encontramos a diária do quarto casal à partir de U$ 219 + taxas sem café da manhã.

+ Consulte os preços do The WestIn Seattle no Booking

Avaliação Final: Hotel WestIn Seattle

Sem dúvida um hotel elegante e classudo como já descrevi antes. Hospedar-se no WestIn Seattle e ter a oportunidade de admirar a vista linda da Elliot Bay do alto da janela do seu próprio quarto é incrível. Ainda mais se estiver bebendo um café Starbucks recém feito na máquina disponível ali do seu ladinho no móvel da TV rsrsrsrs. Comodidades e pequenos luxos como esses associado à ótima comida e ambiente oferecidos pelo Relish Restaurant fez a nossa experiência muito mais memorável. Ótima opção para se hospedar no coração de Seattle.


Já decidiu onde se hospedar em Seattle?

Não deixe para a última hora! Que tal pesquisar agora pelo hotel ou apartamento ideal em Seattle? Faça agora mesmo uma pesquisa com descontos incríveis pelo Booking, o maior site de hospedagem em todo o mundo!

Booking.com Booking.com

Use internet ilimitada em Seattle e demais cidades dos EUA

Com o chip de internet da EasySim4U que você recebe na sua casa ainda no Brasil, você já chega nos EUA com conexão 4G funcionando no seu smartphone. Basta trocar o chip do seu aparelho assim que chegar em solo americano. Nós já trocamos durante o voo e começamos a usar assim que o avião pousou. Por isso, recomendamos o serviço da EasySim4U, que nos garantiu internet muito rápida e ilimitada durante toda a viagem pelos EUA.

+ Contrate agora o seu chip de internet com a EasySim4U

E não esqueça de garantir seu seguro viagem:

O seguro viagem é FUNDAMENTAL para quem viaja pelos Estados Unidos. O que a gente usa sempre e recomenda é o seguro da Seguros Promo, que além de ter o menor preço, funcionou muito bem todas as vezes em que precisamos acionar.

Ah, e agora vem a melhor parte: leitor do Viajar é Demais tem desconto, basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o código de desconto para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Chai
Escrito por
Chai
Envie sua pergunta ou comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comentário
Viajar é Demais