30 de dezembro de 2017

Wistub Brenner: legítimo ‘wistub’ com comida farta e típica em Colmar, na Alsácia

A gente é bem eclético quando o assunto é comer fora durante as viagens: vamos desde os lugares mais chiques e sofisticados até a mais simples e popular comida de rua. Mas se tem um tipo de restaurante que nós temos um carinho todo especial são os clássicos, os tradicionais. Aqueles locais que tem a cara da cidade. Que são frequentados por turistas mas também por gente local. Que tem a comida típica da cidade, em porções generosas e bem servidas a preços justos.

Um desses restaurantes deliciosamente típicos que visitamos em Colmar, na região da Alsácia, a nordeste da França, foi o Wistub Brenner.

Wistub Brenner

Nosso almoço no Wistub Brenner foi no último dia em Colmar. Tínhamos passado a manhã fazendo um super tour de bike pelos vilarejos e cidades vizinhas. Por isso mesmo, aquela hora, já estávamos cheios de fome. O restaurante fica em uma das regiões da cidade mais movimentadas de turistas, a Petite Venise. Ocupando um lugar central em uma esquina dupla, próximo ao canal que corta a cidade e a ponte La Lauch.

Wistub Brenner

Wistub Brenner: restaurante fica na esquina

“Wistub” é um estilo de restaurante, e pela Alsácia você vai encontrar vários do tipo. A origem do termo vem do período em que essa região da França foi anexada pela Alemanha. Todo ‘Wistub’ tem como característica comum a oferta de produtos essencialmente locais (em especial os vinhos da região), e tem aquele jeitinho de taberna/casinha franco-alemã que a gente adora. <3

Wistub Brenner

Wistub Brenner: ambiente com decoração típica

Reservamos nossa mesa com antecedência, já que naquela tarde teríamos que pegar o trem e seguir viagem até Lyon. Essa dica de reserva é bem importante, pois na hora que chegamos ao Wistub Brenner, havia um casal tentando conseguir uma mesa e perguntando se era possível ao que o atendente explicava que já estavam com todas as mesas reservadas. O local é super popular na cidade, e nos dias de verão pode ser bem difícil conseguir uma mesa no horário do almoço.

#dica: Na França sempre é bom reservar mesa nos restaurantes, dos mais simples aos mais sofisticados. Os locais costumam trabalhar com reserva e com limite de horário para a cozinha, inclusive no almoço.

O legal de almoçar nessa região em um dia de verão é poder sentar-se às mesas ao ar livre e ficar observando o vai e vem das pessoas. E foi isso mesmo que fizemos. Pegamos uma mesa pequena para duas pessoas na lateral do espaço ao ar livre, ao lado de uma das ruas. O espaço é amplo e bem tranquilo pois tem uma cobertura que protege do sol. As mesas e cadeiras são simples mas confortáveis, combinando com a decoração, toalhas e louça bem característicos e típicos da Alsácia.

Wistub Brenner

Wistub Brenner: nossa mesa na área externa; taça típica da região

Nosso pedido

Apesar de estar super cheio, fomos atendidos rapidamente. A equipe parecia estar bastante acostumada a trabalhar com tamanho movimento.

O cardápio é repleto de pratos típicos da culinária alsaciana, e nós escolhemos o formato de menu “Entrada + Prato + Sobremesa” que é super comum na região (custo de 29,90€ por pessoa).

Wistub Brenner

Wistub Brenner: menu fica exposto em um quadro escrito à mão

Como a sede era grande, pedimos de aperitivo uma cerveja on tap da região, a licorne Elsass (3,50€). Uma curiosidade é que é comum beber cerveja como um aperitivo mesmo e depois beber vinho durante a refeição, não precisa se sentir um alcoólatra por estar fazendo isso. Rsrsrs

De entrada, entre as opções do cardápio escolhemos a torta de cebola acompanhada de salada e o Fois Gras de ganso ao ‘Gewurztraminer’.

Wistub Brenner

Wistub Brenner: entradas e cerveja on tap de aperitivo

Os pratos dão saudades só de lembrar: ‘Joelho de porco acompanhado de salada de batata’ e ‘Choucroute Wistub, repolho cozido no vinho branco da Alsácia acompanhado de 5 linguiças e carnes defumadas’. Nada pode ser mais alsaciano do que isso! Pra acompanhar, o nosso vinho favorito da região, o Riesling (Trimbach Selection de Vieilles Vignes 2014).

Wistub Brenner

WistubBrenner: pratos principais e vinho da Alsácia

Sinceramente, pedir chucrute com carne de porco na Alsácia é praticamente sinônimo de comer bem. Mas que esse tava especialmente bom, tava! 🙂

Para as sobremesas, pedimos a sugestão dos garçons do que fosse mais típico do local. O Guto adora perguntar qual o favorito deles, pra pedir com a certeza de que não tem erro. Fomos então na ‘Tartin de Peches et sa Boule de Grace Vanille’ e na ‘Palet gourmand aux mirabelles et creme de mascarpone’. A gente adora essas sobremesas tipo “torta com frutas” da França porque elas são sempre bem frescas e não muito doces.

Wistub Brenner

Wistub Brenner: sobremesas

Pra manter o pique para o resto do dia depois dessa comilança, fundamental um café expresso pra fechar a delícia de experiência.

Avaliação Final

Logo que chegamos a França, o motorista do nosso transfer do aeroporto nos disse “quando forem para a Alsácia, basta entrar em um ‘Wistub’ que com certeza vocês vão comer bem”. E ele não poderia estar mais coberto de razão. A experiência no Wistub Brenner só confirmou a nossa expectativa – local agradável, comida típica, farta e saborosa, atendimento simpático e preços super acessíveis. Pra quem gosta de experiências em restaurantes com esse estilo “classicão”, recomendo de olhos fechados o Wistub Brenner.

Serviço:

Endereço: 1 Rue Turenne, 68000 Colmar, França
wistub-brenner.fr
facebook.com/wistub.brenner



Booking.com

NAS MÍDIAS SOCIAIS

  • Instagram
Compartilhar esse post:
Tags:

Sobre Augusto

Augusto

Jornalista e professor, viajando sempre em busca de novas cervejas, de boa comida e das melhores promoções.

  • Instagram
  • Email

1 Comentários

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.