La Cloche à Fromage, o paraíso dos queijos em Estrasburgo, na França
La Cloche à Fromage

La Cloche à Fromage, o paraíso dos queijos em Estrasburgo, na França

Antes de contar sobre a nossa experiência no La Cloche à Fromage em Estrasburgo, na França, um aviso para os nossos leitores, seguidores, ou para você que acabou de chegar pela primeira vez em um texto aqui do “Viajar é Demais”. Prepare-se para cenas fortes! Se você é apaixonado por queijo, há grandes chances de você salivar de maneira descontrolada com as cenas que mostraremos na sequência. Alguns podem sentir uma vontade incontrolável de comprar passagens no primeiro voo para Estrasburgo. Respirem fundo e preparem-se para conhecer o La Cloche à Fromage: o paraíso dos queijos! 🙂

Você também vai gostar de ler:
O que fazer em Estrasburgo: roteiro de 3 dias
Onde comer em Estrasburgo: dicas de restaurantes
Strasbourg Pass: o cartão de descontos de Estrasburgo

La Cloche à Fromage

Chegamos ao La Cloche à Fromage no início da noite, depois de um dia intenso de caminhada, explorando cada canto da cidade. O restaurante fica na altura da Rue des Tonneliers, em uma zona do centro histórico com concentração de bares e outros restaurantes, na região chamada ‘Petite-France’. É bem pertinho dos principais pontos turísticos da cidade, como a linda Catedral de Estrasburgo. Além desse restaurante, eles tem ainda 8 boutiques especializadas em queijos pela França – a maioria na região da Alsácia, sendo duas em Estrasburgo – mas restaurante mesmo é só esse.

La Cloche à Fromage: fachada
La Cloche à Fromage: fachada

Dependendo da hora e do clima, as mesinhas do lado de fora podem estar bem movimentadas. Mas é ao entrar no salão principal que você, um amante dos queijos, vai perceber que está no lugar certo! Uma redoma gigante de vidro cobre o tesouro: peças de queijos de vários tipos, tamanhos, cores e texturas. Dá água na boca só de ver.

La Cloche à Fromage: a famosa redoma que dá nome ao restaurante | Imagens: site oficial do restaurante
La Cloche à Fromage: a famosa redoma que dá nome ao restaurante | Imagens: site oficial do restaurante

Aliás, é daí que vem o nome “La Cloche à Fromage” – em uma tradução livre, “O Sino dos Queijos”. A tal redoma que protege os queijos tem o formato similar ao de um sino. E essa do La Cloche à Fromage é simplesmente a maior do mundo, com 1,80 metros de altura por 1,50 metros de diâmetro, pesando 800kg. Com registro até no Guiness Book, o livro dos recordes. Uau! 🙂

Eles se orgulham de dizer que em nenhum outro lugar da França você vai encontrar uma variedade tão grande de queijos: macios, lavados, cozidos, crus, de queijo de vaca, cabra ou ovelha… Tem para todos os gostos.

La Cloche à Fromage: alguns dos muuuuuitos queijos (1- brebidin entier; 2- Abondance e 3- Bleu de gex | Imagens: site oficial do restaurante
La Cloche à Fromage: alguns dos muuuuuitos queijos (1- brebidin entier; 2- Abondance e 3- Bleu de gex | Imagens: site oficial do restaurante

Bom, como nós não somos exatamente especialistas na arte da produção de queijos, vamos focar no que sabemos fazer de melhor: comer queijos! <3

Degustação de queijos locais e Raclette

Avançando pelo salão, que tem uma decoração estilo colonial típica da Alsácia, você encontra mesas distribuídas pelo amplo ambiente. Mas não se engane, você precisará fazer reserva com antecedência pelo site, pois está sempre cheio. Nós tínhamos a nossa, e fomos recebidos e conduzidos até ela.

Quando sentamos à mesa, o garçom trouxe o cardápio e ofereceu um drink de aperitivo da casa, servido com alguns snacks. Nossa ideia para o jantar desde o início era pedir uma raclette (já-já você vai entender porque), mas depois de ver aquela redoma repleta de queijos, tivemos que pedir também uma entrada com queijos variados para degustação.

Perguntamos para os garçons sobre alguma recomendação, e optamos por pedir uma das tábuas de degustação de queijos chamada “Les Rabelais” – variedade de sabores das 7 famílias de queijo, do sabor mais doce ao sabor mais intenso (22€). Aceitamos também a sugestão de pedir uma especialidade da casa, a “Mozzarella de Bufala” – uma bola inteira de mozzarella com caponata de abobrinha que leva vinagrete de curry, piquillos de pimenta, tomilho e azeite de oliva (15€).

Para quem de fato gosta de queijo, as experiências de degustação dos queijos franceses são fascinantes. São sabores muito diferentes, inclusive por conta de processos de produção que são permitidos na França e que não existem no Brasil em larga escala (como a produção de queijos com leite cru, por exemplo). Os diferentes processos e estilos de produção atribuem notas, sabores, aromas muito diferentes do que estamos habituados. Repito, é uma experiência sensorial incrível.

La Cloche à Fromage: aperitivo e entradas
La Cloche à Fromage: aperitivo e entradas

De prato principal, ela: a Raclette. Para quem não estiver familiarizado com o nome, em uma explicação simples, a Raclette é um estilo de queijo específico que tradicionalmente é servido derretido. Muitas vezes o processo do derretimento acontece na frente do cliente, que vê o queijo ser derretido e escorrer diretamente da imensa peça de queijo, sustentada por uma estrutura especial para isso. Nesse processo, as partes que vão derretendo “escorrem” ou são recolhidas e servidas no prato ou no pão. Como um dos carros chefe da casa – parte dessa proposta de gastronomia calorosa e amigável – a Raclette no La Cloche à Fromage é preparada seguindo a tradição: apresentada em formato “meia-roda”, em um forno de ferro forjado que, ao ser aquecido, produz as imagens abaixo que tanto nos encantam. <3

La Cloche à Fromage: a tradicional Raclette
La Cloche à Fromage: a tradicional Raclette

Além dos pães, a raclette ainda pode vir acompanhada de picles, batatas cozidas e uma variedade de charcutaria (30€ por pessoa), e você pode comer a vontade. Não é demais? 🙂

Toda essa comilança foi regada a vinho branco da casa, produzido na região da Alsácia. Aliás, vale dizer que a carta de vinhos tem várias opções da região, que é fortíssima na produção de vinhos brancos.

De sobremesa, um dos melhores ‘Crème Brûlée’ de toda a viagem

Pensa que acabou? Ainda havia espaço para a sobremesa! Já havíamos escolhido no cardápio (nem me lembro o que) quando um dos garçons nos sugeriu “peça o crème brûlée, você não vai se arrepender”. No mesmo momento, uma senhora da mesa ao lado ouviu o conselho e disse “isso mesmo, eu estou de prova, é delicioso”, enquanto mostrava o pote agora vazio da sobremesa que ela acabara de “devorar”.

Com tantas boas recomendações, topamos a troca e pedimos então um crème brûlée e uma pavlova, uma sobremesa clássica a base de merengue e frutas vermelhas.

La Cloche à Fromage: sobremesas e chá
La Cloche à Fromage: sobremesas e chá

De fato não nos arrependemos da troca. O crème brûlée do La Cloche à Fromage é uma receita própria que leva leite de cabra entre os ingredientes. Não sei se por conta disso, mas o resultado final é uma sobremesa extremamente cremosa. Mesmo depois de tanta comida, de tanto queijo, a vontade era de comer quilos desse negócio, de tão bom que estava!

Avaliação final: La Cloche à Fromage

Além de tudo que falamos com relação a quantidade, qualidade e variedade dos queijos (o que por si só já seria um motivo de visitar o restaurante), vale destacar ainda o atendimento: excelente do início ao fim. Ao longo da noite, cerca de 3 ou 4 atendentes passaram na nossa mesa – ora explicando sobre os queijos, ora sobre vinhos, ora sobre as sobremesas – e todos, sem exceção, foram extremamente simpáticos e ainda arranhavam um bom inglês. Até o mestre queijeiro, que conhecemos no final, era super querido e nos contou um pouco do processo de escolha dos queijos.

La Cloche à Fromage: atendimento super atencioso
La Cloche à Fromage: atendimento super atencioso

Para completar, acho que o vídeo da Raclette fala por si, certo? Nada mais que a gente escreva vai superar a beleza desse queijo que derrete na hora e escorre em quantidades abundantes. Tivemos uma experiência inesquecível no La Cloche à Fromage!

La Cloche à Fromage
27 Rue des Tonneliers, 67000 Strasbourg, França
laclocheafromage.com
facebook.com/La-Cloche-à-Fromage-206976416032221
instagram.com/laclocheafromage


Onde ficar em Estrasburgo (Strasbourg)?

A melhor localização para se hospedar em Estrasburgo é no centro histórico, na região da Grande Île. Essa é a zona que concentra a maior parte das atrações da cidade. Em geral, quanto mais próximo da Catedral de Estrasburgo, melhor será sua localização. É nessa parte da cidade que estão os melhores hotéis de Estrasburgo, incluindo os 3 que recomendamos pessoalmente:

Sofitel Strasbourg Grand Île: Hotel de luxo com ótima localização, 1º hotel da rede Sofitel no mundo.
Hannong Hotel: Charme e conforto em um hotel familiar na melhor localização de Estrasburgo.
Arok Hotel: Moderno e confortável, com bom custo-benefício em frente a estação de trem.

Se ainda estiver em dúvida, pesquise agora mesmo e fazer sua reserva antecipadamente com as melhores ofertas de hotéis ou apartamentos em Estrasburgo?

Booking.com Booking.com

Mais atividades em Estrasburgo

Reserve agora mesmo passeios e atrações na Get Your Guide, uma das maiores e mais confiáveis plataformas de ofertas turísticas do mundo. Eles estão presentes nas maiores cidades e reúnem profissionais e empresas qualificadas que oferecem os mais variados tipos de passeios e serviços turísticos. Nós já usamos e recomendamos. Dá só uma olhada: 

Aluguel de carro em Estrasburgo ou na Alsácia

A nossa dica para quem pretende alugar carro em Estrasburgo ou em algum dos vilarejos da Alsácia é a Rentcars. Um serviço que compara os preços nas melhores locadoras de automóveis e apresenta uma lista com todos os carros disponíveis e valores para a locação. Já utilizamos a Rentcars para aluguel de carro tanto no Brasil como no exterior, sempre conseguindo os menores preços e as melhores condições. Aproveita para consultar agora as opções para o seu próximo destino! 🙂  

Não esqueça de garantir seu seguro viagem na França

O seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja pela França. A empresa de seguros que a gente sempre usa e recomenda é a Seguros Promo. É um serviço que compara os preços das principais companhias de seguro viagem do mercado e apresenta as melhores opções para a sua viagem!

Compartilhar:FacebookTwitter
Augusto
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários
Viajar é Demais