O que fazer em Grindelwald: roteiro de 1 dia

O que fazer em Grindelwald: roteiro de 1 dia de inverno na vila alpina mais charmosa da Suíça

Situada aos pés do Eiger – uma montanha de 4 mil metros de altura de pura rocha e gelo – a charmosa Grindelwald é considerada porta de entrada da região alpina de Bernese Oberland, na Suíça. Apesar de ser um destino muito procurado por praticantes de esportes de inverno, Grindelwald também oferece uma série de atrativos durante todo o ano para os não tão aventureiros. Há muito o que fazer em Grindelwald, como trilhas e caminhadas em meio a paisagens que poderiam estampar um cartão postal. O tipo de lugar que materializa nosso imaginário quando se trata de “alpes suíços”. Imponentes montanhas cobertas de neve, campos verdes, rios, cachoeiras, chalés de madeira e até vaquinhas com sinetas no pescoço (essas, apenas no verão) – tudo isso e muito mais você encontra em Grindelwald!

Grindelwald também está na rota dos passeios e excursões mais legais da região. Praticamente todos eles passam por Grindelwald (casos do Top of Europe/Jungfraujoch ou do Kleine Scheidegg) ou são em Grindelwald (como o Grindelwald First). Entretanto, se muita gente passa por Grindelwald, alguns acabam não dedicando o tempo que a cidade merece ou priorizam a vizinha mais famosa Interlaken na hora de decidir aonde se hospedar na região. E vai por mim: vale muito a pena se planejar para passar pelo menos 1 dia inteiro em Grindelwald. Quer saber por que? Nesse post, vamos detalhar o que fazer em Grindelwald em 1 dia de inverno, com base na experiência incrível que tivemos por lá! 🙂

O que fazer em Grindelwald: roteiro de 1 dia de inverno

Nosso roteiro começa na estação de trem de Grindelwald, a Grindelwald Bahnhof, facilitando a vida tanto de quem chega de trem na cidade para um bate-volta quanto de quem se hospeda em um dos hotéis dessa região. Nós ficamos hospedados no Hotel e Restaurante Kreuz & Post, um hotel excelente e que recomendamos a todos. Situado justamente ao lado da estação de trem, o hotel facilitou bastante a nossa vida não só para explorar Grindelwald quanto para conhecer outras cidades próximas. Sim, além de oferecer sua atmosfera pacata e natureza exuberante, Grindelwald funciona muito bem como base para desbravar as demais cidades como Interlaken e Lauterbrunnen, entre outras.

Leia também:
– Onde ficar em Grindelwald: Hotel Kreuz & Post
– O que fazer em Interlaken: roteiro de 2 dias

Eiger: a face norte da montanha

No imediato momento da chegada a Grindelwald, ainda na estação de trem, é impossível não se apaixonar pela cidade diante de seu maior orgulho: a “face norte” da montanha Eiger, uma das mais imponentes da cadeia de alpes da Suíça.

Chegando ao hotel Kreuz & Post em Grindelwald
Chegando ao hotel Kreuz & Post em Grindelwald

Como já adiantamos na introdução do texto, são 4 mil metros de altura em pura rocha e gelo – uma verdadeira muralha de neve bem diante dos nossos olhos. Me arrisco a dizer que, se a visita a Grindelwald se resumisse somente a esse momento, incluir a cidade em seu roteiro já teria valido a pena.

A face norte da montanha Eiger, uma verdadeira muralha de neve
A face norte da montanha Eiger, uma verdadeira muralha de neve

Cabe ressaltar que na época de nossa estadia na cidade, em um mês de novembro, os locais estavam lamentando o fato da montanha estar com pouca neve por conta do calor inesperado da semana anterior. Sim, isso que vocês vêem nas fotos supostamente não é a “melhor” versão da face norte da Eiger. 🙂

Dorfstrasse e centrinho de Grindelwald

Após a pausa para admirar e fotografar a montanha sob diferentes ângulos, é hora de seguir pela rua principal de Grindelwald, a Dorfstrasse. Na verdade, Grindelwald é tão pequena que essa é a única grande rua que percorre toda a cidade, então não tem muito como errar. No trecho mais próximo a estação de trem, é grande a concentração de lojas, restaurantes e estabelecimentos comerciais em geral. É a zona mais turística de Grindelwald. Se o objetivo for comprar roupas de inverno, souvenirs ou outros produtos típicos da região, esse é o momento ideal. Há ainda um supermercado da Coop, uma das maiores redes da Suíça.

Mas independente do tamanho do seu interesse por compras, essa é uma região bem gostosa para caminhar livremente, sem pressa. A estrutura das construções ao estilo chalé, em madeira, emolduradas pela cadeia de alpes, a todo momento é capaz de nos impressionar.

Caminhando pela rua principal de Grindelwald, a poucos metros da estação de trem
Caminhando pela rua principal de Grindelwald, a poucos metros da estação de trem

Grindelwald First

Seguindo mais alguns metros adiante pela Dorfstrasse está a Grindelwald Firstbahn, estação de partida para para uma das principais atrações (pagas) de Grindelwald: a subida até a montanha First.

Grindelwald First: uma das principais atrações de Grindelwald
Grindelwald First: uma das principais atrações de Grindelwald

Conhecida como Grindelwald First, a atração envolve um trajeto de subida com duração de cerca de 25 minutos e diversas atividades que podem ser realizadas no alto da montanha, como trilhas, tirolesas e até mesmo a caminhada sobre uma plataforma suspensa, a First Cliff Walk. É possível ainda visitar o lago Bachalpsee e percorrer inúmeras trilhas de caminhada ou de bike. Reserva ao menos 2 horas do seu dia para toda a experiência na First.

Algumas das atividades na Grindelwald First (fonte: site oficial Jungfrau)
Algumas das atividades na Grindelwald First (fonte: site oficial Jungfrau)

Dica: é super importante verificar o que estará funcionando no período da sua viagem, já que a maior parte das atividades da Grindelwald First é suscetível à condições climáticas ou a estação do ano. Além disso, todo ano ela é fechada no período entre outubro e novembro (dias variáveis) para manutenção.

+ Grindelwald First (Get your Guide)
+ Site oficial do Grindelwald First

Reformierte Kirche (igreja de Grindelwald)

Na sequência, seguindo mais acima pela Dorfstrasse, a caminhada leva até a Reformierte Kirche, a principal igreja de Grindelwald. A igreja em si, de maneira isolada, não chega a ser impressionante. Mas a “moldura” alpina faz toda a diferença e a transforma em mais uma bela paisagem da cidade.

Reformierte Kirche (igreja de Grindelwald)
Reformierte Kirche (igreja de Grindelwald)

De ônibus até o Oberer Gletscher (glaciar)

Exatamente em frente a igreja está uma das paradas de ônibus que percorre toda a extensão da Dorfstrasse, desde a estação de trem até o ponto final, na estação do glaciar Oberer Gletscher. O trecho até a igreja é plano e recomendamos fazer todo a pé, mas da igreja até o ponto final a subida fica bem íngrime e recomendamos usar o serviço do ônibus. Durante o inverno, o único ônibus a circular nesse trajeto era a linha 121, justamente a que leva até o glaciar Oberer Gletscher, próxima parada do roteiro.

Mapa dos transportes de Grindelwald
Mapa dos transportes de Grindelwald

Quem se hospeda em qualquer hotel de Grindelwald recebe um passe que permite utilizar todo o transporte da cidade de forma pública, ou seja, não há nenhum custo extra no passeio.

Passe de ônibus fornecido pelo hotel em Grindelwald
Passe de ônibus fornecido pelo hotel em Grindelwald

Oberer Gletscher (glaciar)

O trajeto de subida até o ponto final no Oberer Gletscher é repleto de belas paisagens alpinas. Vale aproveitar os cerca de 10 minutos de percurso para sentar perto de uma janela e curtir o visual.

Paisagens alpinas na chegada ao Glaciar Oberer Gletscher
Paisagens alpinas na chegada ao Glaciar Oberer Gletscher

O local é ponto de partida de diversas atividades como teleféricos, esportes de inverno, trilhas e conta até com um hotel/restaurante. Entretanto, no período da nossa viagem apenas as trilhas de caminhada estavam disponíveis. Existem trilhas em diferentes direções e com variados níveis de dificuldade. Lembre-se de ir com um sapato minimamente adequado, pois a neve é constante e mesmo em dias menos frios, o derretimento e consequente formação de camadas de gelo pode provocar acidentes.

Trilha de volta ao centro de Grindelwald

Uma das trilhas permite voltar até o centro em meio à uma Grindelwald ainda mais pacata e rural. Sim, é hora de conhecer de fato a versão mais rústica de Grindelwald. Optamos por percorrer essa por uma dica de um morador local, recepcionista do Hotel Kreuz & Post – aparentemente, ele percorre esse mesmo trecho para ir até o trabalho. É uma caminhada de cerca de 1 hora no total, que exige algum cuidado em relação a questão do gelo e da neve, mas que pode ser realizada sem problemas mesmo por pessoas com pouca experiência em atividades desse tipo.

Nesse ponto você deve estar se perguntando: “vale a pena percorrer por 1 hora uma trilha por uma zona ainda mais rural de Grindelwald”? Bom, espero que as fotos falem por si. 🙂

Paisagens de tirar o fôlego da vila alpina de Grindelwald, na Suíça
Paisagens de tirar o fôlego da vila alpina de Grindelwald, na Suíça

Lembra quando falamos das imponentes montanhas cobertas de neve, dos campos verdes, rios, e dos chalés de madeira? Essa caminhada é repleta desses elementos, uma verdadeira imersão na natureza selvagem de Grindelwald.

Trilha de volta ao centro de Grindelwald
Trilha de volta ao centro de Grindelwald

Foram incontáveis as vezes que paramos durante o trajeto para simplesmente contemplar e agradecer pelo privilégio de estar em um lugar como esse. E em tantas vezes passamos por casinhas de madeira com a chaminé a pleno vapor ou cruzamos com moradores locais e tentamos imaginar como deve ser a vida dessas pessoas, e se elas tem noção de todo esse privilégio. Algumas das paisagens certamente estão entre as mais lindas que já vimos ao vivo. Experiência inesquecível!

Trilha de volta ao centro de Grindelwald
Trilha de volta ao centro de Grindelwald

Jantar no restaurante Kreuz & Post

Após retornar da caminhada, possivelmente cansados mas também extasiados de tanta beleza, é hora de aproveitar um outro lado também importante de Grindelwald: a gastronomia local! Uma das melhores cozinhas da região fica justamente no Hotel Kreuz & Post, que conta com 4 diferentes ambientes de restaurante. Em todos eles, a proposta gastronômica é oferecer especialidades alpinas ou pratos típicos da Suíça à base de ingredientes frescos e da estação. Na sequência, deixo algumas das fotos de pratos que experimentamos por lá para aguçar o apetite. 🙂

Pratos do jantar no Hotel Kreuz & Post
Pratos do jantar a la carte no Hotel Kreuz & Post
Menu de 5 passos no jantar do Kreuz & Post
Menu de 5 passos no jantar do Kreuz & Post

Assim termina nossa sugestão de roteiro de 1 dia em Grindelwald, na Suíça. Espero que tenhamos fornecido algumas boas ideias para você planejar o que fazer em Grindelwald durante a sua viagem. Não deixe de comentar aí embaixo o que achou das dicas e da cidade. Até a próxima!


Onde ficar em Grindelwald

Em nossa viagem pela Suíça, ficamos hospedados por 2 noites em Grindelwald, no Hotel e Restaurante Kreuz & Post.

Fachada do Hotel e Restaurante Kreuz & Post (fonte: site oficial do hotel)

Tivemos uma estadia de sonho no Hotel Kreuz & Post. Além da localização (ao lado da estação de trem) e do visual inesquecível dos alpes bem na varanda do nosso quarto, destaque para a gastronomia local (café da manhã e jantar) e para a atenção e simpatia dos anfitriões e de toda a equipe que nos recebeu tão bem. Um hotel integrado com a atmosfera de Grindelwald, representando na essência o clima rústico e aconchegante da cidade alpina. Certamente nos hospedaremos por lá em todas as vezes que voltarmos a Grindelwald!

+ Hotéis em Grindelwald

Booking.com

Como chegar em Grindelwald

Se o avião chega por Genebra ou Zurique, o trem é o melhor meio de transporte para viajar pela Suíça. É recomendável sempre adquirir os passes de trem com antecedência para conseguir os melhores preços!

+ Consulte os preços de passagens de trem até Grindelwald ou passes de trem pela Suíça com a Eurail

Se preferir utilizar carro alugado como já mencionamos antes, recomendamos utilizar o RentCars, um comparador de preços entre as principais empresas de aluguel de carros na Europa.

+ Compare os preços de aluguel de carro pela Europa com a RentCars


Aproveite e já faça as reservas dos passeios e atrações pelo menor preço. Não perca tempo em filas!

Consulte e reserve passeios e entradas de atrações na Get Your Guide, uma das maiores e mais confiáveis plataformas de ofertas turísticas do mundo. Eles estão presentes nas maiores cidades e reúnem profissionais e empresas qualificadas que oferecem os mais variados tipos de passeios e serviços turísticos. Nós já usamos e recomendamos. Dá só uma olhada: 


E não esqueça de garantir seu seguro viagem na Suíça:

O seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja por toda a Europa. E mesmo que não fosse obrigatório, não dá nem pra pensar em viajar sem seguro, né? Na hora de contratar o seguro viagem a gente sempre usa e recomenda a Seguros Promo. É um buscador que compara o preço das principais companhias de seguro viagem do mercado e apresenta as opções com melhor custo-benefício para a sua viagem!

Ah, e agora vem a melhor parte: quem é leitor do Viajar é Demais tem desconto exclusivo: basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Augusto
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário

Viajar é Demais