22 de junho de 2019

Onde ficar em Roma: 7 melhores regiões e dicas de hotéis na capital da Itália

Passagens compradas, datas da viagem definidas, é hora de pesquisar onde ficar em Roma. Mas escolher a melhor localização e o hotel ideal para se hospedar em Roma não é uma tarefa fácil.

Roma: cidade grande e com alguns problemas de transporte

Primeiro porque Roma é uma cidade muito grande. Só o Centro Histórico onde estão concentradas as principais atrações de Roma já é bem grande. E a rede de transporte público não é das melhores – muito em função de Roma ser uma cidade milenar e histórica, com muitas áreas preservadas onde não é possível escavar túneis de metrô ou mesmo a circulação de veículos é limitada. Com tudo isso, ficar mal localizado em Roma pode significar perder muito tempo ou gastar muito dinheiro com deslocamentos.

São muitas opções de hotéis em Roma para escolher

Em segundo lugar, a quantidade de hotéis em Roma (e demais opções de hospedagem) é gigantesca. Para se ter uma ideia, no site da Booking (principal site de reservas de hotéis do mundo) são quase 14 mil propriedades cadastradas (entre hotel, bed and breakfast, hostel ou apartamento).

Booking.com

Claro que em meio a tantas opções tem muita coisa boa mas tem muito “pega turista” que é bom evitar. Por isso, é fundamental seguir recomendações de sites e blogs que vocês confiem! 🙂

+ Veja a lista completa de hotéis e apartamentos em Roma da Booking

Hotéis em Roma (ou apartamentos): preços elevados e taxa de turismo

Apesar das muitas opções de hotéis em Roma, não se engane: os preços costumam ser bem elevados. Principalmente na alta temporada, e em tempos de real desvalorizado. Até o hostel mais simples pode custar mais do que você gostaria. Tem ainda a tal “taxa de turismo¨ – uma cobrança que varia de 3,50 a 7 euros por pessoa e por dia, obrigatória em qualquer tipo de hospedagem oficial de Roma. Normalmente essa cobrança acontece fora do preço da diária, ou seja, é um gasto adicional. Sim, infelizmente não tem como escapar dela – desconfie de uma hospedagem que não cobre essa taxa.

Centro Histórico de Roma: divisão por bairros é confusa para o viajante

Outro fator que dificulta o mapeamento de onde se hospedar em Roma é que a divisão padrão da cidade (por bairros) é extremamente confusa para nós, meros viajantes. Trata-se de uma cidade não planejada, e que foi se desenvolvendo de maneira orgânica e desordenada. O resultado disso é que só a região central de Roma se divide em mais de trinta micro-bairros. Nomes como “Esquilino”, “Castro Pretorio”, entre outros, dificilmente farão sentido para quem está planejando a primeira viagem a Roma (ou mesmo a segunda, terceira, quarta…)

Mesmo assim grande parte dos sites e blogs que pesquisamos antes da primeira viagem utilizavam esse mesmo critério dos bairros para indicar onde ficar em Roma. Como esse modelo não funcionou pra gente, resolvemos propor uma maneira mais simples de entender o mapa de Roma e facilitar para quem vai planejar a viagem para a cidade eterna.

Onde ficar em Roma: 7 melhores regiões dentro do centro histórico

Ao invés de pensar em bairros cujos nomes na maioria das vezes não nos dizem muita coisa, porque não se organizar em função das atrações da cidade – essas sim, mundialmente famosas? Para nós que vamos turistar, o ideal é entender a cidade pela proximidade em relação a essas atrações. Que tal um hotel perto do Coliseu? Ou próximo da Piazza Navona? Foi exatamente assim que planejamos nossas viagens por Roma, e espero que ajude a simplificar a sua tarefa de decidir onde se hospedar em Roma. 🙂

Partindo do conceito básico que uma boa localização em Roma significa estar hospedado dentro do centro histórico, dividimos somente essa área central da cidade em 7 regiões principais. Todas são boas, mas com características distintas que podem agradar mais ou menos a um determinado perfil.

Mapa de Roma dividido em 7 regiões

A seguir vamos detalhar cada uma delas, de 1 a 7 de acordo com a nossa preferência pessoal. Em cada uma delas vamos indicar bons hotéis, e hotéis com preços mais acessíveis, para todos os bolsos e gostos. Se você discordar da nossa ordem de preferência, não precisa se indignar! É só usar a área de comentários no final desse post e nos contar porque você não concordou com a gente. 🙂

1) Fontana di Trevi, Piazza di Spagna e Via Veneto

Piazza di Spagna e arredores: nossa localização favorita em Roma

O que define a melhor localização possível? Para nós, é estar perto das atrações turísticas, em uma região com boas opções gastronômicas e de compras e de fácil acesso a rede de transportes da cidade. Os arredores da Fontana di Trevi, Piazza Spagna e Via Veneto atendem muito bem a esses três pontos. É a localização ideal para quem faz questão de estar perto de tudo na cidade e explorar cada cantinho de Roma. Se você é um viajante de luxo que está em busca da Roma dos cartões postais, pode ser uma boa se hospedar nessa área.

Grande parte das atrações turísticas de Roma se concentra nessa região ou podem ser alcançadas a pé. Isso por si só já justificaria nossa preferência por essa área. Mas a facilidade de acesso a toda a rede de transporte público é talvez um dos maiores benefícios de se hospedar nessa área de Roma. Além de múltiplas linhas de ônibus, estações de metrô como a Barberini, Trevi ou Spagna dão total flexibilidade para utilizar esse tipo de transporte. Além disso, se você é fã dos ônibus turísticos “hop on hop off”, há vários pontos de embarque e desembarque próximos (Piazza Spagna e Piazza Barberini, por exemplo). E até mesmo a estação Roma Termini (a principal estação de trem de Roma) fica bem pertinho, tornando fácil o deslocamento não apenas por Roma mas até para visitar outras cidades da Itália. 

Para compras, excelentes opções como a Via del Tritone (avenida repleta de lojas de boas marcas locais como a Dan John, a Doppelganger, a Bata (sapatos) ou a Benetton. Muitas delas com preços surpreendentemente acessíveis. Outra opção é a loja de departamento La Rinascente (eleita uma das melhores do mundo, mas que não é para todos os bolsos). E se você também é fã de supermercados (como a gente), bem pertinho do hotel é possível encontrar lojas das principais redes como Carrefour, Coop, Pam e outros.

A oferta de bares, cafés e restaurantes também é muito farta. Destacamos especialmente a Osteria Barberini, garantia de atendimento espetacular e autêntica cozinha romana. Outra deliciosa sugestão é o MadeIterraneo Terrace Restaurant, restaurante de visual mais moderno que além da boa comida oferece uma vista incrível dos telhados de Roma.

Há uma boa concentração de hotéis, mas obviamente os preços em geral são altos – o único ponto “negativo” da região. É o preço a se pagar pela melhor localização de Roma. 🙂

Melhores hotéis perto de Fontana di Trevi, Piazza di Spagna e Via Veneto:

Sabe hotel que você fica uma vez, gosta e decide repetir a dose? É exatamente esse o nosso caso de amor pelo Hotel Barocco, onde nos hospedamos por duas vezes em Roma. A localização privilegiada, o atendimento ímpar e o charme de estar em um hotel único, bem particular e com a “cara” de Roma é o que nos faz recomendar o Barocco como uma das melhores opções para ficar em Roma. 

Fachada do Hotel Barocco em Roma

+ Leia nosso post completo sobre o Hotel Barocco em Roma

Se você quer ainda mais luxo (e estrelas), o Aleph Rome Hotel, Curio Collection By Hilton é um hotel 5 estrelas para celebrar uma experiência inesquecível em Roma.

+ Leia nosso post completo sobre o Aleph Rome Hotel

Hotéis ou apartamentos baratos perto de Fontana di Trevi, Piazza di Spagna e Via Veneto:

“Barato” mesmo é difícil, mas algumas opções menos sofisticadas e com preços mais acessíveis são o Magica Luna Boutique Hotel – Roma ou a New Moon Guesthouse.

+ Veja a lista completa de hotéis em Roma próximos a Fontana di Trevi, Piazza di Spagna e Via Veneto

2) Piazza Navona, Pantheon e Campo de Fiori

Se o que você procura é a parte da cidade onde Roma tem mais cara de Roma, nada mais aconselhável do que se hospedar no coração da capital italiana. É nos arredores da Piazza Navona, do Campo de Fiori e do Pantheon que está o centro nervoso da cidade. É onde você vai se perder por praças, fontes, igrejas e toda aquela arquitetura que nos apaixonamos a primeira vista!

Detalhes da Piazza Navona em Roma

Esta parte do centro é melhor e mais interessante de se fazer toda a pé, já que muitos dos monumentos estão em locais onde é proibida a circulação de veículos. Por conta disso, a área não é das melhores em relação a transporte público (ponto fraco da localização). O ônibus convencional talvez seja a melhor opção para quem não pode (ou não deseja) caminhar um pouco mais. Os metrôs são mais afastados. Há também a possibilidade de usar os ônibus turísticos “hop on hop off”. O ponto mais próximo fica nos arredores do Castel Sant’Angelo, a cerca de 10 minutinhos de caminhada.

Para compras, por ser uma zona turística, há muitas lojas de souvenirs e supermercados nos arredores. Já em relação a locais para comer e beber, existem muitas opções turísticas e consequentemente com preços acima da média. As melhores opções ficam nos arredores do Campo de Fiori, ou mais próximo ao Castel Sant’Angelo. Uma sugestão é o simples e correto La Fraschetta di Castel Sant’Angelo – bom custo-benefício para a região. E se você gosta de um café com aquele doce típico, anota aí o Sant’ Eustachio Il Caffè, um clássico café romano de balcão. Mas fique tranquilo que também tem mesas para quem preferir.

Essa região não concentra muitos hotéis e a maior parte deles é de pequenos hotéis (e não de grandes redes). Os preços também não são dos mais baratos, devido a imensa procura por parte dos turistas.

Melhores hotéis perto de Piazza Navona, Pantheon e Campo de Fiori:

A poucos passos da Piazza Navona, o Hotel Raphael está em uma posição central para quem deseja explorar tudo, especialmente se for sua primeira vez na cidade eterna. É um hotel boutique de luxo 5 estrelas que combina conforto e sustentabilidade, proposta tão coerente com os dias atuais. Ah, e o café da manhã é muito bom! 🙂

Fachada do Hotel Raphael em Roma

+ Leia nosso post completo sobre o Hotel Raphael em Roma

Hotéis ou apartamentos baratos perto de Piazza Navona, Pantheon e Campo de Fiori:

Uma opção bem mais simples (e mais em conta) é a Guest House Piazza Navona. Honesta, com grande localização e preços abaixo da média da região.

+ Veja a lista completa de hotéis em Roma próximos a Piazza Navona, Pantheon e Campo de Fiori

3) Coliseu, Foro Romano e Circo Massimo

A região mais ao sul do centro de Roma concentra muitas atrações e atividades. Entre elas, 3 das principais atrações de Roma: o Coliseu, o Foro Romano e o Circo Massimo. São atrações que não podem ficar de fora de nenhum roteiro pela cidade. Só para conhecer bem essa parte da cidade, são no mínimo 2 dias inteiros de programação, o que significa que hospedar-se por esses lados sem dúvidas é uma excelente escolha. Para o viajar apaixonado por história e pela Roma grandiosa e imponente, essa sem dúvidas é uma localização especial para se hospedar em Roma.

Coliseu Romano, a principal atração da cidade

Depois de explorar toda a região, pode ser necessário recorrer ao transporte público para visitar outras partes da cidade. Nada que seja um problema: os arredores do Coliseu e Foro Romano são bem servidos com múltiplas linhas de ônibus, além da estação de metrô Colosseo. Se você é fã dos ônibus turísticos “hop on hop off”, há dois pontos de embarque e desembarque para todos eles: em uma das laterais do Coliseu e outro ao lado do Circo Massimo.

Para compras, por ser uma zona turística, há muitas lojinhas de souvenirs nos arredores. E se você também é fã de supermercados (como a gente), há boas opções nos arredores de lojas das principais redes como Carrefour ou Coop. Outra boa dica é o Mercato Campagna Amica, um mercado de produtos agrícolas que acontece nos finais de semana próximo ao Circo Massimo. Ótimo para compras e até para comer e beber algo.

Impossível não recomendar também o delicioso restaurante Aroma que fica pertinho do Coliseu e possui 1 estrela no Guia Michelin. Para opções mais informais, o Zizzi Pizza – Laboratorio Artigianale oferece comida tipicamente romana boa e barata.

Melhores hotéis perto do Coliseu, Foro Romano e Circo Massimo:

A dica é o Palazzo Manfredi, hotel boutique 4 estrelas com um dos melhores café da manhã da vida e vista incrível para o Coliseu.

Palazzo Manfredi: ao lado do Coliseu

+ Leia nosso post completo sobre o Palazzo Manfredi

Hotéis ou apartamentos baratos perto do Coliseu, Foro Romano e Circo Massimo:

O 3 estrelas Hotel Valeri faz o estilo “bom e barato” na categoria hotéis. Já para quem prefere a atmosfera de um hostel, uma opção bem avaliada é o Laterano Guest House.

+ Veja a lista completa de hotéis em Roma próximos a Coliseu, Foro Romano e Circo Massimo

4) Termini

Você faz o estilo viajante econômico? Então essa pode ser a localização ideal para escolher seu hotel em Roma. A Estação Termini é a principal estação de trem de Roma. Em seus arredores existe uma grande concentração de hotéis. Em geral, é aqui que você encontrará os menores preços de hospedagem em Roma.

Roma Termini, a principal estação de trem de Roma

Como é padrão nas grandes cidades europeias, os arredores de uma estação de trem costumam ser áreas menos seguras e atraentes do que o restante da cidade – e em Roma não é diferente. Se por um lado essa não é a zona mais bonita de Roma, por outro é uma área que está sempre movimentada de gente – a maioria turistas – e com acesso amplo a rede de transportes. A Termini é um grande ‘hub’ para trens (obviamente), ônibus, metrô e até para o ônibus turístico “hop on hop off” de Roma, que tem uma parada aqui.

Para compras e restaurantes também é uma região bem servida. Uma dica bem legal é visitar o Mercato Centrale de Roma, que fica na própria estação Termini. Comida típica e deliciosa a preços super acessíveis!

Entre prós e contras, já nos hospedamos algumas vezes nessa região e, sinceramente, o custo-benefício compensa bastante. Se a ideia é economizar um pouco, pode ser uma boa se hospedar próximo da estação Roma Termini.

Melhores hotéis na Estação Termini:

O NH Collection Palazzo Cinquecento certamente atenderá bem a quem procura por uma hospedagem de luxo nos arredores da Estação Termini.

Hotéis ou apartamentos baratos na Estação Termini:

O L’Esquilina Holiday House 2 é um apartamento bem decorado e muito bem avaliado, com ótimo preço para os padrões italianos. O mesmo acontece com o bed&breakfast Le M Apartment, que conta inclusive com café da manhã e fica em um prédio clássico da região. Entre os hotéis, o Best Western Artdeco é uma opção simples, com quartos razoáveis mas com bom preço e ótimo café da manhã incluído na diária.

+ Veja a lista completa de hotéis em Roma próximos a Estação Termini

5) Trastevere

Um dos poucos bairros de Roma cujo nome é conhecido pelos turistas e viajantes em geral, o Trastevere é o bairro a esquerda do rio Tibre (do latim, o termo significa literalmente “além do Rio Tibre”). Com suas ruas estreitas de paralelepípedos e cercadas por casas medievais e muitos bares e restaurantes, o Trastevere é reconhecidamente uma zona boêmia, de vida noturna agitada. Por conta disso, a região atrai muitos jovens, descolados, hipsters e afins. 🙂

A primeira vista, a localização pode dar a falsa impressão de ser muito afastada do restante do centro. Entretanto, o bairro mais ao sul do Vaticano permite desbravar a pé boa parte da região turística de Roma. Além do próprio bairro em si, uma boa caminhada te levará até a região do Campo de Fiori. E se você subir um pouco mais, já é possível admirar a Piazza Navona. ou o Castel Sant Angelo. Mas se a ideia for visitar a região do Circo MassimoColiseu e Forum Romano, bastará cruzar o rio Tibre e desbravar a área mais antiga de Roma.

Entre os restaurantes, bares e cafés nos arredores, destacamos especialmente a Trattoria Da Teo, garantia de autêntica cozinha romana. Para quem curte o estilo trattoria mas valoriza um visual mais moderno, outras deliciosas sugestões são a Enoteca Trastevere ou a Pasta e Vino Osteria que além da boa comida oferecem uma excelente carta de vinhos com atendimento de primeira categoria.

O acesso ao transporte público talvez seja o calcanhar de aquiles do Trastevere. Não há estações de metrô por perto, e as ruas estreitas e medievais dificultam também o acesso a uma ampla malha de ônibus. O resultado é que será preciso fazer boa parte dos trajetos até o rio a pé (ou de uber e táxi). Se você é fã dos ônibus turísticos “hop on hop off”, os pontos de embarque e desembarque mais próximos são o do Circo Massimo ou o do Castel Sant’Angelo.

Ruas do Trastevere

Melhores hotéis no Trastevere:

Recomendamos fortemente o Voi Donna Camila, um 4 estrelas situado em um antigo convento numa zona do Trastevere com ares de Toscana. De estilo rústico, não é caríssimo e tem um excelente serviço de café da manhã.

Térreo do VOI Donna Camilla Savelli Hotel

+ Leia nosso post completo sobre o Voi Donna Camilla Savelli Hotel

Hotéis ou apartamentos baratos no Trastevere:

O Stileroma e o 247 Luxury Rooms Trastevere são bem avaliados e com preços bem em conta para a média romana.

+ Veja a lista completa de hotéis em Roma no bairro do Trastevere

6) Villa Borghese e Piazza del Popolo

A parte norte do centro de Roma apresenta atrações obrigatórias como a Villa Borghese (e seu museu famoso, a Galleria Borghese), além da belíssima Piazza del Popolo. Apesar disso, algumas razões fazem com que a gente prefira outras zonas da cidade na hora de escolher onde ficar em Roma.

Piazza del Popolo

Em nossa experiência pessoal, achamos essa área muito residencial e, especialmente a noite, um pouco desanimada em relação ao resto da cidade. Ao melhor estilo “excelente para morar, mas não tão boa para passar alguns dias em Roma”.

Além disso, a maior parte dos hotéis da região são de altíssimo luxo – ou seja, preços ainda mais elevados do que a média. Evidentemente são ótimos hotéis, mas para o nosso gosto pessoal, preferimos sempre ficar um pouco mais próximos das atrações, sem depender demais do transporte público.

Melhores hotéis perto de Villa Borghese e Piazza del Popolo:

A região é recheada com hotéis de altíssimo nível, luxuosos mas com preços igualmente elevados. Alguns exemplos são o Hotel Lord Byron – Small Luxury Hotels of the World e o Aldrovandi Villa Borghese – The Leading Hotels of the World.

Hotéis ou apartamentos baratos perto de Villa Borghese e Piazza del Popolo:

Os hotéis da rede Best Western Hotel Astrid são uma boa opção nessa zona em relação ao custo-benefício.

+ Veja a lista completa de hotéis em Roma próximos a Villa Borghese e Piazza del Popolo

7) Vaticano

O Vaticano não é exatamente um bairro de Roma (e sim um outro país), mas geograficamente funciona como tal. Das grandes atrações de uma viagem a Roma, o Vaticano talvez seja a mais afastada. Normalmente costuma-se dedicar um dia inteiro do roteiro para conhecer a Piazza San Marco, a Basílica e todos os museus. Então, se o grande foco da sua viagem for o turismo religioso, hospedar-se no Vaticano pode ser a melhor boa escolha.

Piazza San Marco, Vaticano

Entretanto, tirando as atrações principais, não há muito a se fazer no Vaticano. Nesse caso, ficar em um hotel nessa região significa ter que deslocar-se todos os dias para as demais áreas de Roma (provavelmente utilizando transporte público). Nesse caso, o metrô acaba sendo a melhor opção. Os ônibus de turismo possuem paradas próximas ao Vaticano, mas não exatamente dentro do Vaticano, e será necessário andar um bocado.

Devido ao grande turismo, é uma área quase sempre superlotada de turistas e de vendedores querendo empurrar ingressos (provavelmente falsos), o que não nos agrada muito.

Melhores hotéis perto do Vaticano:

Para quem está a procura de um hotel de luxo próximo ao Vaticano, a dica é o Hotel Della Conciliazione.

Hotéis ou apartamentos baratos perto do Vaticano:

Com preços mais em conta, destaque para o Hotel San Valentino. Existem também muitas opções de apartamentos como o VaticanFox, que acabam sendo bem baratos para os padrões romanos.

+ Veja a lista completa de hotéis em Roma próximos ao Vaticano


Tem alguma dúvida sobre onde ficar em Roma? Quer saber se a localização do hotel que você está analisando vale a pena? Manda a pergunta que a gente te ajuda! 🙂


Dicas do que fazer em Roma


E não esqueça de garantir seu seguro viagem:

O seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja pela Europa. A empresa de seguros que a gente sempre usa e recomenda é a Seguros Promo. É um buscador que compara o preço das principais companhias de seguro viagem e apresenta sempre a opção com melhor custo-benefício para a sua viagem!

Ah, e agora vem a melhor parte: leitor do Viajar é Demais tem desconto, basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar esse post:
Tags:

Sobre Augusto

Augusto

Jornalista e professor, viajando sempre em busca de novas cervejas, de boa comida e das melhores promoções.

  • Email

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.