O que fazer em Perugia: roteiro de 1 dia pela capital da Úmbria, na Itália
O que fazer em Perugia, na Itália

O que fazer em Perugia: roteiro de 1 dia pela capital da Úmbria, na Itália

Capital da Úmbria, Perugia está lado a lado com Assis como uma das cidades mais conhecidas dessa linda região da Itália. Com quase 3.000 anos desde a sua fundação, Perugia se destaca por ter conseguido conservar sua memória histórica ao mesmo tempo que assumiu características de uma cidade moderna e jovial. Uma cidade em constante transformação que preserva atrativos únicos como arcos e poços construídos pelos Etruscos; edifícios medievais, barrocos e renascentistas, palácios, fontes, basílicas, um antigo aqueduto, uma Universidade com mais de 700 anos e até uma cidade subterrânea que pode ser visitada na Rocca Paolina! Nesse artigo, preparamos um passo a passo bem completo com muitas informações sobre a cidade e com todas as atividades e atrações que valem a pena você incluir em um roteiro de 1 dia em Perugia. Além disso, temos dicas pessoais de onde ficar em Perugia, de bares e restaurantes onde comer na cidade, de cidades próximas para conhecer e muito mais. Tudo a partir da nossa experiência real em Perugia, é claro! Segue com a gente para planejar o seu roteiro de 1 dia em Perugia, na Umbria!

Leia também:
+ Onde ficar em Perugia: Locanda della Posta, o primeiro hotel da cidade
+ O que fazer em Assis, na Úmbria: roteiro de 24 horas
+ O que fazer em Spello, na Úmbria: bate-volta a partir de Assis

O que fazer em Perugia, na Itália
O que fazer em Perugia, na Itália

Sobre Perugia

Em seu passado, Perugia foi um poderoso centro etrusco e uma importante cidade medieval. Hoje, é a capital administrativa e cultural da região da Úmbria. Com seu longo histórico civilizatório e sua geografia bastante “particular”, Perugia é uma cidade cuja visita deve ser muito bem planejada – ainda mais se tratando de apenas 1 dia de estadia. O território de Perugia é dividido em cinco distritos, com se fossem “fatias” a partir de seu centro histórico. Seu relevo é composto por altos e baixos, ruas, becos e escadas, caminhos subterrâneos e mirantes de onde se pode observar as paisagens encantadoras da região. A própria estrutura bastante peculiar da cidade sugere vários itinerários possíveis que, em seus caminhos, nos contam passagens da história italiana e européia. 

Mapa com os 5 distritos de Perugia | fpnte: http://turismo.comune.perugia.it/pagine/the-5-neighborhoods
Mapa com os 5 distritos de Perugia | fonte: http://turismo.comune.perugia.it/pagine/the-5-neighborhoods

O centro histórico de Perugia – onde estão concentradas as principais atrações – fica em uma das partes mais altas da cidade. Já a cidade “moderna” e a estação de trem ficam nas áreas mais baixas. Por conta disso, existem escadas rolantes públicas em diferentes lugares da cidade e meios de transporte bem específicos, como o “mini metrô”, visando justamente atender à essas condições e facilitar o deslocamento dos moradores e turistas.

O 'mini-metro' que leva da estação de trem ao centro histórico de Perugia
O ‘mini-metro’ que leva da estação de trem ao centro histórico de Perugia

Para quem chega de trem à Perugia e se hospeda no centro histórico (como sugerimos), a melhor opção é justamente a combinação mini-metrô + escadas rolantes. Dica de economia: Para usar transporte público de maneira ilimitada em Perugia e ainda viajar de trem para outras cidades da Umbria como Assis ou Spello, o Umbria.GO é um bilhete integrado para viagens ilimitadas por toda a região por um custo fixo.

O que fazer em Perugia: Roteiro de 1 dia em Perugia

Para facilitar o planejamento da sua viagem, no mapa abaixo destacamos exatamente o trecho que concentra as principais atrações que podem ser visitadas em um roteiro de 1 dia em Perugia. Vai desde a Rocca Paolina (o verdadeiro portão de entrada de Perugia), mais ao sul, até o Arco Etrusco, mais ao norte.

Mapa de Perugia: trecho entra a Rocca Paolina e o Arco Etrusco concentra a maior parte das atrações para quem tem 1 dia na cidade
Mapa de Perugia: trecho entra a Rocca Paolina e o Arco Etrusco concentra a maior parte das atrações para quem tem 1 dia na cidade

Basicamente, seria possível fazer esse circuito começando por qualquer parte do trajeto – por exemplo, pelo ponto mais próximo ao seu hotel – e a partir daí percorrer explorar toda essa região de maneira circular. Existem atrações fora dessa área, mas que não vale a pena encaixar em um roteiro de apenas 1 dia. Para quem estiver hospedado em uma localização super central como é o caso do hotel Locanda della Posta, um bom ponto de partida para esse roteiro é a Piazza IV Novembre, a principal de Perugia.

Piazza IV Novembre: Fontana Maggiore, Palazzo de Priori e Catedral de San Lorenzo

A Piazza IV Novembre (antiga Piazza Grande) é a praça principal, no coração do centro histórico de Perugia. Ampla e cercada de história por todos os lados, a praça reúne grande concentração de turistas em seu vai-e-vem e muitos locais que sentam-se em escadarias de pedra para lanchar, aproveitar o sol em dias de frio ou apenas para admirar a beleza das construções.

Piazza IV Novembre - ponto de encontro de turistas e locais em Perúgia
Piazza IV Novembre – ponto de encontro de turistas e locais em Perúgia

Bem ao centro fica a belíssima Fontana Maggiore, monumento inaugurado em 1280 em comemoração à construção do até então ‘novo’ aqueduto da cidade. À frente, o Palazzo dei Priori é a sede da Comune di Perugia e das duas mais importantes guildas medievais: o Nobile Collegio della Mercanzia (Guilda dos Mercadores) e o Nobile Collegio del Cambio (Guilda dos Cambistas). A fachada imponente reflete marcas de seus diferentes estágios de construção. A estrutura principal foi construída entre 1293 – 1297 e se caracteriza pelas janelas gradeadas e o portal gótico que leva até a Sala dei Notari. Já a seção mais a direita, com um pórtico em arco triplo, foi adicionada somente em 1335. Acima do portal principal estão duas cópias em bronze do grifo de Perugia e do leão Guelph (os originais estão no salão do Palazzo dei Priori).

Palazzo de Priori e Fontana Maggiore
Palazzo de Priori e Fontana Maggiore

Além de belíssimo por fora, o Palazzo dei Priori permite a entrada gratuita para conhecer seus salões internos. O principal deles é a Sala dei Notari, um salão retangular apoiado por oito grandes arcos. Originalmente o espaço era utilizado ​​para assembleias populares, e depois de 1582 passou a ser sede da associação “Arte dei Notai”, da qual leva o nome até hoje. As paredes e o teto do salão exibem lindos afrescos que abordam lendas, contos, passagens da Bíblia e brasões familiares de personalidades da história da cidade. Apesar de ainda restarem alguns fragmentos dos afrescos originais dos séculos XIII-XIV, a maior parte foi refeita no grande processo de restauração ocorrido em 1860.

Sala dei Notari, no interior do Palazzo dei Priori
Sala dei Notari, no interior do Palazzo dei Priori

Ainda na Piazza IV Novembre, bem de frente para o Palazzo dei Priori, está a principal Igreja de Perugia. Construída no século XV em substituição à uma antiga catedral românica, a Catedral de San Lorenzo (ou simplesmente Catedral de Perugia) é mais uma atração daquelas que não dá pra perder.

Catedral de San Lorenzo (ou simplesmente Catedral de Perugia) | foto: Perugia Turismo
Catedral de San Lorenzo (ou simplesmente Catedral de Perugia) | foto: Perugia Turismo

Com entrada gratuita, a Catedral impressiona desde a fachada caracterizada por seu portal de estilo barroco. No interior, a estrutura é característica de catedrais góticas e ornamentada por pinturas e afrescos de pintores italianos. 

Detalhes do interior da Catedral de San Lorenzo
Detalhes do interior da Catedral de San Lorenzo

Para quem se interessar por conhecer mais da história da Catedral, bem ao lado encontra-se o Museo Capitolare di S. Lorenzo (com cobrança de ingresso). Para um roteiro de 1 dia só, incluir a visita deixaria a programação um pouco apertada e acredito que não compense em função dos demais atrativos da cidade.

Pozzo Etrusco e Palazzo Sorbello

Saindo da Catedral em direção a Piazza Danti estão mais duas atrações do centro histórico de Perugia: o Palazzo Sorbello e o Pozzo Etrusco.

Localizado nos porões do Palazzo Sorbello, o Pozzo Etrusco é uma cisterna imensa, considerada uma obra-prima da engenharia hidráulica etrusca, construída nos séculos 2 e 3 ANTES de Cristo (!). Com entrada custando a partir de 3€, a visita ao Pozzo Etrusco começa com um vídeo explicativo sobre o processo de construção. Na sequência, um número limitado de pessoas (10 de cada vez) é liberado para caminhar pelos subterrâneos por uma superfície de onde é possível observar de perto toda a estrutura. Tirando o fato de ser uma construção antiquíssima, a visita é rápida e não muito empolgante. Novamente, vale para quem tem especial interesse nesse tipo de atração.

Pozzo Etrusco: obra-prima da engenharia etrusca
Pozzo Etrusco: obra-prima da engenharia etrusca

Já para visitar o Palazzo Sorbello, os ingressos custam 4€ por pessoa (6€ integrado com o ticket para Pozzo Etrusco). O antigo palácio do século XVII abriga uma importante coleção de pinturas, porcelanas, trabalhos impressos, manuscritos e tecidos bordados. Destaque também para a própria estrutura da casa com suas abóbadas com afrescos, móveis elegantes e lustres do século XVIII.

Palazzo Sorbello
Palazzo Sorbello

Ambas as visitas podem ser feitas em aproximadamente 30 minutos, e nossa sugestão é que você escolha apenas uma delas de acordo com o que julgar mais interessante.

Porta Sole e Arco Etrusco

Dos arredores da Piazza Danti e do Palazzo Sorbello, siga mais um pouco em direção a Porta Sole. Dessa que é uma das áreas mais altas da cidade, um mirante oferece vistas incríveis – desde os telhados das casas e construções antigas até a bela paisagem da região da Úmbria. Nos dias mais limpos, pode ser possível enxergar até mesmo a cidade de Assis, vizinha à Perúgia.

Vistas de Perugia a partir da Porta Sole
Vistas de Perugia a partir da Porta Sole

Do mirante é possível descer caminhando (e ainda admirando a vista) até uma área mais baixa da cidade onde fica localizado o Arco Etrusco. O imenso arco fazia parte das primeiras muralhas que cercavam a cidade e data do século III antes de Cristo. Com 11 metros de altura e excelente estado de preservação, o imponente arco é considerado um dos mais impressionantes legados da antiga Etrúria.

Arco Etrusco em Perugia
Arco Etrusco em Perugia

Aproveite para caminhar um pouco pelos arredores. Essa é uma área bem antiga da cidade, e a todo momento você pode se deparar com alguma surpresa pelas ruas e becos estreitos e escadarias de Perugia. É o momento ideal para o momento clássico de “se perder” pelas ruas de Perugia. 🙂

Ruas e escadas do centro de Perugia
Ruas e escadas do centro de Perugia

Acquedotto medievale di Perugia

Bem pertinho dali fica uma das atrações mais legais de Perugia: o Acquedotto medievale. Inaugurado no ano de 1280, a versão original do aqueduto tinha cerca de 4 km de comprimento e era responsável por levar água do Monte Pacciano até a Fontana Maggiore (atual centro histórico).

Após funcionar até a primeira metade do século XIX, o aqueduto foi desativado e seu último trecho foi transformado em um caminho conectando o distrito de Porta S. Angelo até o centro da cidade e que pode ser inteiramente percorrido a pé. A caminhada vale muito a pena, e o trajeto passa em meio a diversas casas e ruas antigas da cidade de Perugia. Não chega a ser um trajeto longo (menos de 30 minutos de caminhada) mas muito agradável e com direito a lindas vistas da cidade. Uma verdadeira imersão nas entranhas da cidade histórica de Perugia.

Antigo Aqueduto de Perugia
Antigo Aqueduto de Perugia
Antigo Aqueduto de Perugia
Antigo Aqueduto de Perugia

O passeio termina em mais um antigo portão etrusco, a “Postierla della Conca”, bem ao lado da Catedral de Perugia, na Piazza IV Novembre.

Postierla della Conca, antigo portão etrusco onde termina a caminhada pelo Aqueduto
Postierla della Conca, antigo portão etrusco onde termina a caminhada pelo Aqueduto

Corso Vannucci e Galleria Nazionale da Umbria

De volta a Piazza IV Novembre (onde começamos o nosso roteiro), é hora de conhecer as atrações na parte sul do centro histórico de Perugia. Essa também é uma boa hora para uma pausa para almoço/lanche rápido. Que tal experimentar um clássico da cidade: o sanduíche de Porchetta (carne de porco assada e bem temperada) da Antica Salumeria Granieri Amato, desde 1916 um sucesso da comida de rua de Perugia. O dono é bem simpático e o menu possui vários combos com diferentes opções de sanduíche e bebidas (cerveja, vinho ou refrigerante). Rápido, barato e delicioso para repor as energias e continuar aproveitando bem o dia. 🙂

Almoço ou lanche rápido na Antica Salumeria Granieri Amato
Almoço ou lanche rápido na Antica Salumeria Granieri Amato

Na sequência, descendo por uma das laterais do Palazzo de Priori está a principal rua do centro histórico, a Corso Vannucci. Além de muitas lojas e casarões históricos, a rua ainda concentra algumas das principais atrações de Perugia. Entre elas está o maior e mais relevante museu da cidade, a Galleria Nazionale da Umbria. O museu funciona dentro do próprio palácio, e conta com cerca de 4000 metros quadrados e um acervo organizado em ordem cronológica. São cerca de 40 salas que preservam uma das mais ricas coleções de arte da Itália do século XIII ao XIX. Ao todo são mais de 3000 obras, incluindo pinturas, esculturas, cerâmicas, tecidos e ourives, que documentam sete séculos de história e cultura italiana.

Galleria Nazionale da Umbria
Galleria Nazionale da Umbria

Logo na entrada, ainda no átrio do Palazzo dei Priori, estão expostos duas estátuas representando um Grifo e um Leão, símbolos da cidade de Perugia. As estátuas foram fabricadas em 1281 para fazer parte da decoração de uma fonte, mas agora as originais estão preservadas na galeria. No entanto, a maior parte do acervo é de temática sacra e religiosa, com grande destaque para a grande quantidade de obras do principal artista da cidade: Pietro Perugino. Além de sua obra, o pintor é famoso também por ter sido professor de outro grande nome do renascentismo italiano, Rafael Sanzio.

Galleria Nazionale da Umbria
Galleria Nazionale da Umbria

A entrada da Galleria Nazionale da Umbria custa a partir de 8€ por pessoa. A visita, é claro, poderia durar quase um dia inteiro devido ao tamanho do espaço e do acervo. Mas reservando de 30 a 45 minutos já é possível dar um belo giro pelas principais obras. Se você é fã de museus, esse é sem dúvidas o mais “imperdível” de Perugia.

Collegio della Mercanzia e Collegio del Cambio

Na saída da Galleria Nazionale, ainda no espaço do Palazzo dei Priori, outras duas atrações bem particulares da cidade de Perugia podem ser visitadas bem rapidamente: o Collegio della Mercanzia e o Collegio del Cambio. São dois salões nobres construídos entre os séculos XIV e XV e que preservam boa parte de sua decoração original.

O Collegio della Mercanzia é a antiga sede da guilda dos comerciantes e tem seu interior todo decorado em madeira, com uma riqueza de detalhes bem impressionante. A entrada custa € 1,50 e não é permitido tirar fotos de seu interior (estas abaixo são do site oficial da atração).

Collegio della Mercanzia | fonte: site oficial
Collegio della Mercanzia | fonte: site oficial

Já o Collegio del Cambio também é decorado com painéis de madeira nas paredes e em suas salas conta com afrescos de Perugino adornando parte das paredes e o teto em arco. Uma de suas salas (Sala dell’Udienza – sala do conselho) é considerada a melhor preservada do século XV em toda a Itália.

Collegio del Cambio | fonte: site oficial
Collegio del Cambio | fonte: site oficial

Aqui novamente fotos são proibidas, e a entrada custa € 4,50. Para visitar ambos os salões, é possível adquirir um bilhete integrado por € 5,50. Aconselho a visita por ser rápido e ao mesmo tempo algo bem especial e característico de Perugia, que você não encontra em outras cidades.

Perugina e Piazza Italia

Seguindo pela mesma Corso Vannucci em direção a Piazza Italia, os amantes de chocolate não podem deixar de visitar a loja da Perugina (Corso Pietro Vannucci, 101), uma das principais marcas de chocolate italiano. Como o nome deixa claro, a marca é original da cidade de Perugia. A loja reúne todos os produtos da Perugina, inclusive versões embaladas para presente, sendo uma ótima – e deliciosa – opção de lembrança para trazer da cidade.

Loja de chocolates Perugina
Loja de chocolates Perugina

Ao chegar na Piazza Italia, não deixe de admirar as belas e imponentes construções ao redor. Destaque para o Palazzo Donini (construído entre 1716 e 1724 inspirado no estilo toscano de 1500), o Palazzo Cesaroni (encomendado em 1897 e com arquitetura inspirada no estilo romano do século XVI) e ainda o Palazzo della Provincia e della Prefettura, sede do governo provincial construída após a unificação da Itália sobre as ruínas onde ficava a grande fortaleza papal, a Rocca Paolina.

Piazza Italia em Perugia
Piazza Italia em Perugia

Sob os arcos do Palazzo, é possível acessar escadas rolantes e descer para a visita ao interior da Rocca Paolina.

Rocca Paolina e Porta Marzia

A fortaleza Rocca Paolina é um complexo histórico-arquitetônico “escondida” abaixo do atual centro histórico de Perugia, onde boa parte da estrutura da época medieval se mantém preservada e acessível à todos. A entrada oficial da fortaleza Rocca Paolina – e por que não dizer também a entrada oficial de Perugia – é a Porta Marzia, um portão etrusco que data do século 3 antes de Cristo.

Porta Marzia e interior da Rocca Paolina
Porta Marzia e interior da Rocca Paolina

Com entrada gratuita, é possível caminhar pelas ruelas e salões subterrâneos da antiga fortaleza medieval. Boa parte do espaço conserva apenas ruínas do que seria a cidade etrusca, mas a parte em estilo medieval está melhor preservada. Boa parte ainda está escondida, aguardando por projetos de escavação. Mas alguns dos salões já ‘descobertos’ hoje funcionam como espaço para exposições ou até mesmo como lojas. No dia de nossa visita, havia até uma exibição de filmes e animações sobre a história da cidade projetada nas paredes rochosas. Bem informativo e fácil de entrar no clima de “volta no tempo” para entender um pouco mais sobre a formação da cidade de Perugia.

Panorama dai Giardini Carducci

Saindo da Rocca Paolina, é possível voltar novamente para a parte alta do centro histórico pelas escadas rolantes ou mesmo a pé – a subida é íngrime mas o visual compensa. Independente da maneira escolhida, o destino ideal para o final de tarde (e também deste roteiro) é uma visita aos ‘Jardins Carducci’, na região conhecida como Panorama dai Giardini Carducci. Nos agradáveis jardins há um extenso mirante que oferece alguns dos melhores e mais procurados pontos de vista de toda a cidade.

Belas vistas da cidade a partir do Panorama dai Giardini Carducci
Belas vistas da cidade a partir do Panorama dai Giardini Carducci

E é justamente quando o pôr do sol se aproxima que uma multidão de turistas e moradores locais, especialmente jovens, se reúnem para apreciar a beleza da paisagem enquanto degustam uma cerveja – em dias mais quentes – ou uma taça de vinho. É realmente deslumbrante observar a cidade de Perugia e mais ao fundo as colinas da Umbria iluminadas pelos últimos raios de sol. Se estiver em Perugia em um dia de tempo bom, não deixe de curtir esse momento!

Pôr do Sol em Perugia: Panorama dai Giardini Carducci
Pôr do Sol em Perugia: Panorama dai Giardini Carducci

Para encerrar bem a noite a a estadia em Perugia, a dica para o jantar é o tradicional Ristorante del Sole (Via della Rupe, 1), um dos mais conhecidos da cidade. Ideal para experimentar pratos típicos de toda a região da Umbria, como o Strascinati al sagrantino con guanciale e porcini
(uma massa caseira com molho a base do vinho da região, o sagrantino, com cogumelos e bacon) e outras tantas delícias!

Ristorante del Sole: restaurante tradicional com comida típica da região
Ristorante del Sole: restaurante tradicional com comida típica da região

Assim termina o nosso roteiro de 1 dia em Perugia, na Itália. Esperamos que tenham gostado das dicas e sugestões do que fazer na cidade, e que voltem para nos contar o que acharam da capital da Umbria! 🙂


Onde ficar em Perugia

Como em grande parte das cidades europeias, Perugia não foge a regra e tem em seu centro histórico a melhor localização possível para viajantes. Especialmente para quem tem poucos dias para explorar a cidade, o melhor é ficar bem pertinho das principais atrações. Nossa dica pessoal de hotel na melhor localização de Perugia é o Locanda della Posta – Boutique Hotel.

+Leia mais sobre a nossa experiência no Locanda della Posta – Boutique Hotel em Perugia

Ou se preferir, encontre agora mesmo o seu hotel ou apartamento ideal em Perugia pelo mapa da cidade.

Booking.com

+ Lista completa de Hotéis e apartamentos em Perugia, na Itália


Onde comer em Perugia

Antica Salumeria Granieri Amato (Piazza IV Novembre): quiosque tradicional de comida de rua típica e de baixo custo para uma refeição rápida.
Ristorante del Sole (Via della Rupe, 1): restaurante de estilo clássico com menu de pratos típicos de Perugia e de toda a Umbria. Ideal para um jantar mais tradicional e romântico.


Como ir até Perugia?

As três melhores formas de ir até Perugia são: de carro alugado; de ônibus ou de trem. Em nossa viagem, utilizamos o trem como meio de transporte de Roma até Assis e depois de Assis até Perugia. Todos esses trechos podem ser feitos com a Trenitalia, a companhia de trem oficial do país, e os tickets para deslocamentos regionais como esse normalmente podem ser comprados até mesmo na estação de trem, no próprio dia da viagem. Em alguns casos, para preços mais em conta, o ideal é planejar com antecedência e comprar tudo online.

Caso vá fazer mais trechos de trem ao longo da viagem, nossa dica são os passes de trem da Eurail. Eles dão flexibilidade de pegar qualquer trem regional por um custo fixo e sem necessidade de reserva antecipada.


Mais atividades em Perugia


Não esqueça do seguro viagem!

Agora que você já sabe o que fazer em Perugia, na Úmbria, não se esqueça que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja pela Itália. A empresa de seguros que a gente sempre usa e recomenda é a Seguros Promo. É um comparador de preços dos melhores seguros viagem e apresenta sempre a opção com melhor custo-benefício para a sua viagem!

Ah, e agora vem a melhor parte: leitor do Viajar é Demais tem desconto, basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

* 💡As dicas do Escritório de Turismo @umbriatourism foram excelentes para ajudar a planejar nosso roteiro. Fica aqui o nosso agradecimento!

Compartilhar:FacebookTwitter
Augusto
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Viajar é Demais