Onde ficar em Montevidéu? Melhores bairros para se hospedar na capital do Uruguai

Onde ficar em Montevidéu? Melhores bairros para se hospedar na capital do Uruguai

Decidir onde se hospedar é sempre uma decisão complexa e cheia de pontos a serem analisados: localização, preço, conforto, tudo deve ser levado em conta, já que uma experiência ruim de hospedagem pode estragar toda a viagem. Especialmente em metrópoles como Montevidéu, que não possuem metrô, a localização do seu hotel ou apartamento pode significar gastos de tempo e de dinheiro com deslocamentos cansativos. Por conta disso, saber onde ficar em Montevidéu é uma das principais dúvidas de quem viaja para a capital do Uruguai.

Esse post traz algumas dicas gerais sobre hospedagem em Montevidéu, além de uma lista dos melhores bairros (na nossa humilde opinião), com sugestões de hotéis que vão garantir uma estadia tranquila e satisfatória na cidade.

Onde ficar em Montevidéu:

1º) Punta Carretas

No extremo sul da cidade, Punta Carretas não chega a ser a região com mais hotéis de Montevidéu, mas provavelmente é a que tem a maior concentração de bons hotéis por metro quadrado. Fruto da localização privilegiada do bairro, que tem uma das ‘Ramblas‘ (orlas) mais concorridas da cidade e fica próxima a todas as regiões e atrações que você provavelmente irá visitar.

Booking.com

Opções gastronômicas também não faltam: destaque para o lendário Bar Tabarée a excepcional parrilla gourmet do Uruguay Natural. O bairro também é recheado de bons cafés que atribuem charme e personalidade a região, como o Philomène Café. Como o bairro é pequeno, quase tudo pode ser explorado a pé, o que sempre facilita as coisas. 🙂

Por conta de tudo isso, considero Punta Carretas o melhor bairro para ficar em Montevidéu. Claro que isso tem o seu preço. Entre os hotéis, em Punta Carretas você encontrará opções como o 5 estrelas Esplendor Montevideo – A Wyndham Grand Hotel, e muitos hotéis boutique como o excelente Cala di Volpe Boutique Hotel.

>> Clique aqui para pesquisar os melhores hotéis próximos a Punta Carretas pelos menores preços com a Booking.com


2º) Pocitos

Aqui temos praticamente um empate técnico entre Pocitos e Punta Carretas. Pocitos também tem ‘rambla’ e também é bem localizado (um pouquinho mais longe da Ciudad Vieja). Entretanto, é um bairro maior e aparentemente mais residencial, o que faz com que a concentração de hotéis, restaurantes, bares e cafés não seja tão interessante quanto o número 1 da nossa lista.

Booking.com

Em Pocitos fica um dos símbolos da cidade, o famoso letreiro escrito “Montevidéu” que faz sucesso entre os turistas. Em relação aos restaurantes, nosso favorito em Pocitos é o Carbonada, uma legítima parrilla ‘raíz’ uruguaia. Outra visita obrigatória no bairro é o adorável Doña Inés e sua magnífica invenção: o ‘dulce de leche caliente‘ (imperdível)!

Para se hospedar em Pocitos você encontrará opções que vão desde o sofisticado Hyatt Centric Montevideo até o bom custo-benefício dos confortáveis Palm Beach Plaza Hotel e Ermitage Hotel. Em geral os preços são um pouco mais em conta do que Punta Carretas, mas ainda é uma das regiões mais caras de Montevidéu.

>> Clique aqui para pesquisar os melhores hotéis próximos a Pocitos pelos menores preços com a Booking.com


3º) Centro/Cordón

Em termos de localização, na região central de Montevidéu você também estará perto de tudo. De um lado estará Pocitos, de outro a Ciudad Vieja e logo abaixo, Punta Carretas. Apesar da grande concentração de hotéis, é necessário pesquisar bem – muitos são antigos ou ficam em ruas que podem não ser tão agradáveis, especialmente a noite. Nem tanto por conta de violência, já que Montevidéu é bem mais segura que as grandes capitais brasileiras, e sim por conta de algumas regiões serem ermas e não tão bem cuidadas.

Booking.com

Por aqui ficam muitas das atrações históricas e culturais da cidade. Como por exemplo a Feria Tristan Narvaja – atração das manhãs de domingo com produtos agrícolas e antiguidades, o prédio da prefeitura (onde é possível subir até o mirante e ter uma bonita vista de Montevidéu. Quase na fronteira com a Ciudad Vieja fica a Plaza Independencia e o emblemático Palacio Salvo, duas das nossas atrações favoritas da cidade.

Falando em Palacio Salvo, recomendamos fortemente que você se hospede no Salvo Suítes, um moderno e bem decorado apartamento dentro desse edifício histórico de Montevidéu. O preço é inacreditável de tão barato em relação a localização e a qualidade do que é oferecido. Um dos melhores locais em que nos hospedamos em Montevidéu. Indicado especialmente para quem não vai ficar por muitos dias na cidade (a partir daqui é possível explorar a parte mais turística toda a pé).

>> Clique aqui para pesquisar os melhores hotéis próximos ao Centro de Montevidéu pelos menores preços com a Booking.com


4º) Ciudad Vieja

Há alguns anos a Ciudad Vieja talvez nem estivesse entre as opções para se hospedar em Montevidéu. Era somente uma região a ser visitada durante o dia. Entretanto, de uma região abandonada e até perigosa, o processo de revitalização vem transformando o bairro novamente em uma das melhores zonas de toda a cidade. Em nossa última viagem, gostamos tanto de passear por lá (de dia e de noite) e nos sentimos tão seguros que eu imagino que em breve a Ciudad Vieja possa subir posições nesse ranking e se tornar a melhor região da cidade. 🙂

Booking.com

É na Ciudad Vieja que ficam atrações como o Teatro Solís e o Mercado del Puerto, local onde 10 entre 10 brasileiros costumar ir para comer uma autêntica parrilla uruguaia. Entretanto, a Ciudad Vieja é muito mais do que o Mercado del Puerto. Com uma enorme concentração de praças lindíssimas, as ruas e casas restauradas trouxeram um charme inegável a região. Charme que vem atraindo jovens chefs que renovam a cena culinária da região, em um processo que deu nova vida aos restaurantes e cafés tradicionais. Aqui vale destacar o excepcional Es Mercat e sua cozinha de autor; o Primuseum – combinação de jantar e show de tango; o clássico Café Bacacay e o conceituado Lucca Bistro y Café. Para os cervejeiros, recomendo o agito da Cervejaria Patagônia, bem em frente ao Teatro Solís.

Entre os hotéis e opções de hospedagem na Ciudad Vieja, além do Salvo Suítes que fica na divisa com o centro e que já recomendamos, a região vem ganhando novos hotéis boutique nos últimos anos. Destaque para o Alma Histórica Boutique Hotel e o Don Boutique Hotel Montevideo.

>> Clique aqui para pesquisar os melhores hotéis próximos a Ciudad Vieja pelos menores preços com a Booking.com


5º) Buceo

O bairro de Buceo é quase uma extensão da rambla de Pocitos, só que um pouco mais afastado em relação ao Centro ou a Ciudad Vieja. A região concentra importantes centros comerciais e empresariais, e por conta disso oferece boas opções de hotéis com esse perfil mais ‘business’, e com preços relativamente mais em conta.

Booking.com

Inclusive, uma das melhores taxas para fazer câmbio que encontramos foi nessa região, no Montevideo Shopping Center (#ficaadica). Não há muitas atrações a visitar no bairro, e caso você se hospede por aqui será necessário se deslocar para os bairros que concentram as principais atrações. O custo-benefício pode valer a pena, apesar de você levar um pouco mais de tempo e gastar um pouco mais com os deslocamentos.

Entre os hotéis em Buceo uma ótima opção em relação a conforto e custo-benefício é o Paladium Business, onde já nos hospedamos por 4 noites em viagens anteriores e gostamos bastante.

>> Clique aqui para pesquisar os melhores hotéis próximos a Buceo pelos menores preços com a Booking.com


6º) Carrasco

Carrasco está para Montevidéu como a Barra da Tijuca está para o Rio de Janeiro: bairro litorâneo, com casas e condomínios de classe média/alta mas distante de tudo (só fica perto do aeroporto da cidade, o Aeroporto de Carrasco). Tem bons hotéis (alguns até luxuosos), mas ficar hospedado por lá vai exigir um bom tempo de deslocamento (e gastos com transportes) para visitar as principais atrações.

Booking.com

Entretanto, quando você já está em Carrasco, o bairro em si é interessante e oferece ótimas opções de restaurantes, lojas gourmet e alguns dos melhores bares de cerveja artesanal que visitamos na cidade. Estando por lá, não deixe de visitar também a premiada loja de chocolates artesanais Maria Passion. E para os cervejeiros de plantão, o Carrasco Beer House precisa entrar no seu roteiro.

Entre os hotéis, em Carrasco você encontrará opções como o luxuoso Sofitel Montevideo Casino Carrasco & Spa ou o hotel boutique Belmont House.

>> Clique aqui para pesquisar os melhores hotéis próximos a Carrasco pelos menores preços com a Booking.com


7º) Tres Cruces/Parque Batlle

Esses bairros formam a parte mais antiga e não revitalizada do grande centro de Montevidéu. Nessa região fica localizado o terminal rodoviário Tres Cruces (de onde saem os ônibus para Colônia do Sacramento ou Punta del Este) e o Estádio Centenário e seu Museo del Futbol.

Booking.com

Como opção para hospedagem, é recomendável apenas para quem está em busca de economizar ao máximo com a estadia. Envelhecida e menos bem cuidada do que outras partes da cidade, os preços de fato são um pouco menores, mas existem poucas opções de bons hotéis. Um “oásis” na região é o ótimo Ciudadano Suites hotel, com conforto bons preços.

>> Clique aqui para pesquisar os melhores hotéis próximos a Tres Cruces pelos menores preços com a Booking.com


E você, tem uma região favorita para ficar em Montevidéu? Já ficou em algum desses bairros ou hotéis? Conta pra gente o que achou! 🙂


E não esqueça de garantir seu seguro viagem:

A empresa de seguros que a gente sempre usa e recomenda é a Seguros Promo, que além de ter o menor preço, funcionou muito bem quando precisamos acionar em viagens por Montevidéu e Buenos Aires.

Ah, e agora vem a melhor parte: leitor do Viajar é Demais tem desconto, basta clicar aqui ou no banner abaixo e utilizar o cupom para fazer seu seguro pelo menor preço possível.

Compartilhar:FacebookTwitter
Augusto
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Viajar é Demais