Transportes em Paris: metro de Paris

Táxi, carro, ônibus, trem e metrô de Paris: guia dos meios de transporte em Paris

Quando finalmente realizamos o sonho de viajar para Paris, a primeira coisa que a gente quer na chegada a cidade é sair pra bater perna. Torre Eiffel, Arco do Triunfo, Sainte Chapelle, os deliciosos cafés parisienses… São tantas atrações que a cidade-luz nos reserva que mal sabemos por onde começar. É nessa hora que começam a surgir na prática as primeiras dúvidas sobre os meios de transporte em Paris.

Como me locomover por Paris? 
Qual transporte utilizar para visitar a Torre Eiffel? 
E para o Arco do Triunfo, devo pegar ônibus, trem ou metrô de Paris? 

Claro que as respostas exatas a essas perguntas dependem de onde você se hospedou em Paris. Mas de uma maneira geral, vamos explicar o básico sobre os principais meios de transporte para você se locomover por Paris. Vamos falar também sobre como você deve fazer para comprar um bilhete de transporte público. E sobre os passes de transporte que dão direito a utilizar toda (ou quase toda) a rede de transportes local.

Nesse guia vamos abordar especificamente os deslocamentos e opções de transporte dentro da cidade de Paris. Não vamos nos aprofundar em viagens para cidades nos arredores de Paris. Também não vamos falar sobre os deslocamentos a partir dos aeroportos de Paris. Sobre esse assunto, temos um post exclusivo sobre como chegar ou sair do aeroporto de Paris.

Guia dos meios de transporte em Paris

Transportes em Paris: a pé

Caminhar por Paris é sem dúvidas a melhor maneira de conhecer a cidade. Ok, andar a pé não é exatamente um ” meio de transporte”. Mas sempre que a distância parecer possível de ser percorrida a pé e você estiver com tempo e com disposição, de preferência a ir caminhando. Além de “grátis” e saudável, e a única opção que te permite olhar cada detalhe da cidade com calma e viver a atmosfera parisiense. Mas mesmo que você seja um maratonista, obviamente não é possível fazer tudo a pé, né? 🙂

Transportes em Paris: Bicicleta

Para quem curte passeio de bicicleta, essa pode ser uma ótima maneira de se locomover por Paris. Apesar do trânsito um pouco caótico, os motoristas tendem a respeitar as bicicletas muito mais do que no Brasil. Além disso, as ciclovias são bem sinalizadas e o sistema municipal de aluguel de bikes funciona de maneira eficiente. O Vélib disponibiliza mais de 20 mil bicicletas espalhadas pela cidade e quase 2000 estações bem próximas umas das outras.

O sistema de cadastro e locação das bicicletas é rápido, fácil e pode ser feito diretamente pelo celular. E aí, se animou para pedalar por Paris? Para informações detalhadas e atualizadas, consulte diretamente o site oficial do Vélib.

Transportes em Paris: Carro alugado

Alugar um carro pode ser útil para quem pensa em viajar pelo interior da França. Mas se a ideia é ficar em Paris, nem pense em alugar carro! Essa será sem dúvidas a maneira mais cara, estressante e lenta de se locomover pela cidade. Além do trânsito super complexo, ainda tem os gastos com estacionamento (caríssimos!) e com possíveis multas que vão te gerar dores de cabeça mais adiante. Mesmo que dinheiro não seja um problema, não aconselho a alugar um carro em Paris.

Transportes em Paris: Táxis, Ubers e transfers privados

Idealmente só devem ser utilizados como opções de transporte DO e PARA os aeroportos de Paris. Ou para passeios nos arredores de Paris. Na cidade de Paris em si, sinceramente, só recomendo utilizar em último caso. Apesar de serem obviamente mais seguros e confortáveis do que opções como o transporte público, os preços são incompatíveis para a realidade dos brasileiros em geral. E tem todo o problema do trânsito de Paris que já mencionamos. Mas se dinheiro não for problema, podem ser uma boa opção.

Transportes em Paris: Ônibus Turístico

Os ônibus turísticos hop on hop off são o meio de transporte favorito de grande parte dos turistas em Paris. E não tiro a razão deles: é prático, é confortável, é seguro e te leva aos principais pontos da cidade. Evidente que com tudo isso eles saem mais caros do que andar de transporte público, mas dependendo do quanto você conseguir utilizar, o custo-benefício pode valer a pena.Para quem está turistando pela primeira vez em Paris é uma ótima opção.

Big Bus Paris - início da viagem
Big Bus Paris – ônibus turístico em Paris

A gente tem até um artigo completo dando todos os detalhes sobre eles:

+ Ônibus turístico hop on hop off em Paris

Transportes em Paris: Barcos (Batobus)

Esse pode não ser o meio de transporte mais eficiente, mas sem dúvida é o mais chique e charmoso. Sim, em Paris é possível utilizar os barcos do rio Sena como meio de transporte.

O que fazer em Paris: passeio de barco pelo rio Sena
Transporte em Paris: de barco pelo rio Sena

Os da Batobus funcionam no modelo hop on hop off, como os ônibus turísticos. Nele você paga um valor fixo e pode embarcar e desembarcar diversas vezes ao longo do dia nas diversas estações. Os preços não são nenhum impeditivo. Entretanto, não é uma opção muito rápida e você fica limitado ao Rio Sena e suas margens. Vale mais como passeio, mas planejando bem, dá pra unir o útil ao agradável.

Transporte público em Paris (Metrô, ônibus, RER ou tram)

Em todo artigo sobre transportes em Paris, a sugestão sempre é: utilize o transporte público. De fato Paris tem uma excelente malha de transportes, em especial metrôs, ônibus urbano, RER (uma espécie de trem) ou tram (bonde). Praticamente qualquer destino dentro da cidade pode ser alcançado facilmente utilizando a combinação desses meios de transporte sem que você precise caminhar por longas distâncias. No mapa abaixo dá pra ver como a cidade é inteiramente atingida pela rede de transportes públicos.

Transportes em Paris: Mapa do metrô de Paris

Além de amplo e abrangente, a grande vantagem do transporte público em Paris é ser barato e bastante pontual. Independente do meio de transporte escolhido, o preço do Ticket t+ (nome do ticket individual de transporte) é sempre o mesmo: 1,90 euros. Existem passes de transporte que podem reduzir o valor unitário do ticket t+ (falaremos na sequência). E existem tickets com preços mais altos quando o trajeto é para destinos fora de Paris como os aeroportos, Eurodisney ou Versailles. Mas não vamos abordar esse tema nesse artigo.

Entretanto, a título de informação, é importante mencionar também o lado negativo do transporte público em Paris para não parecer que tudo é maravilhoso.

1) É evidentemente mais complexo de utilizar do que os demais meios de transporte; 
2) As estações em geral são antigas e com pouca acessibilidade, envolvendo longas caminhadas e até escadas;
3) No caso do metrô, o trajeto é por debaixo da terra e não dá pra ver a cidade;
4) A maior parte dos casos de furtos em Paris acontece justamente nos transportes públicos;
5) Nunca se esqueça de VALIDAR o seu ticket, nem jogue fora antes de efetivamente concluir seu percurso. Em qualquer desses cenários, se um fiscal te abordar, a multa é bem pesada!

Aplicativo (app) de transportes em Paris

Existem diversos aplicativos oficiais de transporte público em Paris, mas honestamente ainda prefiro sempre utilizar o bom e velho Google Maps. Ele indica com precisão a melhor opção de transporte de um ponto a outro da cidade, e indica até o horário do próximo metrô, ônibus ou trem com boa precisão.

Passes de transporte público em Paris: Navigo, Paris Visite, e outros

Além da opção de comprar cada ticket individualmente, existem passes de transporte público que podem facilitar (ou não) a vida do viajante. Vamos explicar resumidamente cada um deles:

Carnet 10 voyages (carnê de 10 viagens)

Lembra do ticket t+, o passe individual do transporte público de Paris? O Carnet 10 voyages é uma opção de comprar 10 tickets t+ de uma só vez. É relativamente simples já que é uma das opções que aparece na máquina automática de compra de tickets nas estações. Nesse caso, ao invés de pagar 1,90 euros por cada ticket, o valor cai para 1,49 euros (ou seja, você para 14,90 euros no pacote de 10).

Nesse caso, os tickets não tem validade e você pode usar em qualquer meio de transporte público dentro de Paris durante a sua viagem. E ainda são permitidas conexões dentro de um período de 2 horas entre a primeira e a última validação nas combinações entre metrô/metrô, metrô/RER e RER/RER, tudo com um único ticket t+. Entre ônibus/ônibus, ônibus/tram e tram/tram, o bilhete vale por 1h30 entre a primeira e a última validação. Não é possível fazer conexões entre metrô/RER e ônibus/tram.

Em 90% dos cenários, esse vai ser o cartão mais vantajoso para um viajante utilizar o transporte público em Paris.

+ Consulte mais informações do Carnet 10 voyages e ticket t+ no site oficial

Navigo Découverte

É um passe que dá direito a uso ilimitado de toda a rede de transporte público por um determinado período (que pode ser de 1 semana ou de 1 mês). Vale para tudo: metrô, no RER, no ônibus e até no funicular de Montmartre.

Entretanto, o custo a partir de 23 euros (recarga semanal) mais o preço inicial de 5 euros apenas pelo cartão tornam o valor final bastante elevado. Isso exige que você utilize muitas vezes o transporte público para compensar o investimento.

Outro problemão: a validade semanal do cartão é de segunda a domingo (independente de você comprar, por exemplo, na quarta-feira). Isso faz com que na prática ele só funcione bem para quem efetivamente vai chegar na segunda-feira em Paris e ficar pelo menos até domingo. Ou seja, bem difícil que compense.

+ Consulte mais informações do Navigo no site oficial

Mobilis

O Mobilis é um passe de transporte para utilização ilimitada em toda a rede durante um dia inteiro (da hora da ativação até a meia noite desse mesmo dia).

Por custar 7,50 euros, ele só vai vai compensar para uso dentro de Paris se você precisar utilizar mais de 5 tickets t+ em um mesmo dia, o que é praticamente impossível. Ou seja, para se locomover em Paris, pode descartar esse passe do seu planejamento.

+ Consulte mais informações do Mobilis no site oficial

Paris Visite

O Paris Visite é mais um passe para uso ilimitado de transporte público, válido de 1 até 5 dias consecutivos, dependendo da sua escolha. O mais barato deles (válido por 1 dia, até a meia noite do dia de ativação) custa 12 euros (válido apenas nas zonas 1,2 e 3). Já o de 5 dias custa 38,35 euros.

Pelos valores, nem é necessário fazer muita conta para ver que definitivamente NÃO vale a pena para se locomover dentro de Paris.

+ Consulte mais informações do Paris Visite no site oficial


E aí, já se decidiu sobre quais os melhores meios de transporte em Paris para a sua viagem? Ainda ficou com alguma dúvida? Escreve aí nos comentários pra gente! 🙂


Hotéis em Paris: onde se hospedar na capital francesa

Se você ainda não decidiu onde ficar em Paris, confere essas dicas dos melhores hotéis onde já ficamos hospedados em nossas viagens por Paris:

Britannique
Chavanel
Déclic Hotel
Le Marianne
Le Narcisse Blanc
Le Pavillon des Lettres
Le Relais Saint Germain
Paris Bastille Boutet MGallery by Sofitel
West End

Leia também o nosso artigo completo com dicas dos melhores bairros onde se hospedar em Paris:

Onde se hospedar em Paris: Dicas de hotéis e das melhores regiões para ficar em Paris

E na hora de reservar seu hotel em Paris, não deixe de fazer pelo Booking, o maior e mais confiável site de hospedagem em todo o mundo!

Booking.com Booking.com

Se preferir, a Hoteis.com também oferece ótimas opções de hospedagem e ainda permite acumular noites no programa Hoteis.com Rewards que podem se transformar em diárias gratuitas.

+ Pesquisar hotéis com desconto na Hoteis.com

Ônibus de turismo em Paris: Big Bus Tours

A Big Bus Tours Paris é a maior operadora de ônibus hop-on hop-off em Paris. Adquira o seu ticket diretamente no site da Big Bus Paris para ter 10% de desconto no valor! Os bilhetes comprados online podem ser utilizados dentro de 6 meses após a data da compra.

+ Compre agora seu ticket para o Big Bus Tours Paris

Atividades em Paris

Essas são as principais atividades que recomendamos em Paris e nos arredores da cidade:

Arco do Triunfo
Giverny e Jardins de Monet
Museu do Louvre (em breve)
Musée D’Orsay (em breve)
Palácio de Versalhes
Paris Museum Pass
Sainte Chapelle
Tour Eiffel (em breve)

Para essas e outras atividades em Paris, utilize a Get Your Guide para fazer sua compra antecipada com total segurança:

Free Tours em Paris: opções de tour guiado e gratuito na cidade

Confira a seguir algumas opções de tour guiado e gratuito em Paris. Basta escolher o free tour desejado e fazer a reserva pelos links abaixo:

Seguro viagem na França

O seguro viagem é OBRIGATÓRIO para quem viaja pela França. Para conseguir o melhor seguro viagem pelo menor preço, a gente recomenda utilizar o Seguros Promo, um comparador de preços entre as principais companhias de seguro viagem. Abaixo tem algumas opções pra você escolher:

Seguro Viagem: França
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 23/dia*
AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 67/dia*
Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (SUPLEMENTAR) R$ 58/dia*

E a melhor parte: leitor do Viajar é Demais tem desconto exclusivo! Basta clicar aqui ou no banner e utilizar o cupom.

Viaje de Trem pela França

Sabia que o trem é o melhor meio de transporte para se locomover pela França? Dá uma olhada no Eurail France Pass, o passe de trem para você viajar de maneira ilimitada por toda a França!

+ Consulte preços de passagens e passes de trem na França com a Eurail

Aluguel de carro na França

Para quem prefere viajar de carro pela França, a nossa dica é a Rentcars. Um serviço que compara os preços nas melhores locadoras de automóveis e apresenta uma lista com todos os carros disponíveis e valores para a locação. Já utilizamos a Rentcars para aluguel de carro tanto no Brasil como no exterior, sempre conseguindo os menores preços e as melhores condições. Aproveita para consultar agora as opções para o seu próximo destino!  

Compartilhar:FacebookTwitter
Escrito por
Augusto
Envie sua pergunta ou comentário

Menu